Rio Grande do Norte lança primeira fase de Centro Cultural em Panamirim

O espaço oferecerá atividades culturais, turísticas, educacionais e empreendedoras, bem como com destaque da FAB na Segunda Guerra Mundial

O antigo Aeroporto Internacional Augusto Severo, que já foi o principal do Rio Grande do Norte, foi transformado no Centro Cultural Trampolim da Vitória (CCTV) e teve o lançamento da sua primeira fase na tarde da última quarta-feira (18), no antigo terminal de passageiros, em Parnamirim. O empreendimento proporcionará atividades culturais, turísticas, educacionais e empreendedoras, além de contar com um museu que destaca a atuação da Força Aérea Brasileira (FAB) na Segunda Guerra Mundial.

Único equipamento do País com a temática da Segunda Guerra, o Centro Cultural Trampolim da Vitória tem, em seu projeto geral, três pavimentos que utilizam elementos tecnológicos interativos e sensoriais. Exposição de dez aeronaves, salas com simulação de voo, salas com filmes 3D, restaurantes e lojas de artesanato são alguns dos atrativos do espaço. Além do antigo terminal de passageiros, o projeto utiliza, ainda, outras edificações situadas na Ala 10, unidade da Força Aérea Brasileira, em Parnamirim.

Nesse primeiro momento, a prefeitura da cidade apresentou o primeiro pavimento. Ainda serão utilizados o Campo da Aeropostale/Air France e a Estação da Lati, fundada em 1939, quando a Linee Aeree Transcontinentali Italiani (Linhas Aéreas Transcontinentais Italianas) construiu seu primeiro hangar para ligação aérea das Américas com a Europa, em substituição aos alemães, envolvidos na segunda Guerra Mundial.

Todo o complexo está dando origem a um novo equipamento turístico na região metropolitana de Natal, com base no segmento histórico-cultural, que em breve receberá turistas para conhecer mais sobre importância de Natal e Parnamirim na Segunda Guerra.

“O CCTV vai contar essa história para os turistas, despertar interesse, gerar valor para a região e fortalecer o turismo no estado. Com ele, ganhamos mais um equipamento de entretenimento, que pode incluir um dia a mais no roteiro do turista e aumentar a sua permanência na cidade”, comentou Bruno Reis, diretor da Empresa Potiguar de Promoção Turística.


Leia também:
– Rio Grande do Norte tem ampliação na malha aérea com Fortaleza
– Rio Grande do Norte adiciona catamarã a atrações; saiba mais
Rio Grande do Norte trabalha para atrair segmento Mice

Deixe uma resposta