Royal Air Maroc e Atlas Voyages levam oito TMCs brasileiras para o Marrocos

Iniciativa visa posicionar o destino como prioritário para o segmento corporativo brasileiro; outras quatro viagens serão realizadas em 2020

0
famtour marrocos
Alexandre Santos, Cleide Campos, Adriana Prado, Camila Scarabelli, Fabio Galanos, Lilian, Rossi Paula Montagn, Silvia Del Rey, Thais Cintra, Sidi Mohamed e Giovanni Neto

Conhecer o Marrocos não é privilégio exclusivo do turista de lazer. Para mostrar que o país africano está preparado para receber também os viajantes corporativos e do segmento Mice, a Royal Air Maroc (RAM) convidou oito travel managers brasileiros para um famtour de uma semana. A viagem foi formatada em parceria com a Atlas Voyages, DMC líder de mercado com 55 anos de operação.

A iniciativa de posicionar o destino como oferta prioritária para o segmento corporativo brasileiro foi iniciada meses antes, durante a Abav Expo. Na ocasião, a DMC marroquina apresentou o brasileiro Fábio Galanos como seu representante comercial no País. “Estamos direcionando 80% se nossos esforços para esse setor e esperamos que, em até três anos, o Marrocos seja a estrela da África no Brasil”, afirma.

Ao desembarcar em solo marroquino, Lilian Rossi (Flytour), Cleide Campos (Avipam), Alexandre Santos (Tristar), Adriana Prado (Vivere Viagens), Camila Scarabelli (Belvitur), Silvia Del Rey (Top Service), Thais Cintra (Costa Brava) e Paula Montagn (Copastur) percorreram 1,5 mil quilômetros em terra para conhecer os atrativos, a estrutura de hospedagem, gastronomia e espaços para eventos em diferentes cidades. Vanessa Leal, gerente de relacionamento da Editora Via, embarcou junto ao grupo e traz todas as novidades com exclusividade para o Brasilturis Jornal.

Trecho terrestre percorrido pelo grupo brasileiro, a partir de Casablanca

Giovanni Neto, executivo de contas da Royal Air Marroc no Brasil, comemora a primeira parceria com a Atlas Voyages para um famtour voltado a agências corporativas. “É uma excelente oportunidade de mostrar o potencial do destino para eventos tanto em Marrakech quanto em cidades mais distantes, que podem sediar ações de incentivo”, diz. Neto informa que o crescimento de brasileiros voando para o Marrocos, no intervalo de janeiro a setembro de 2019, foi de 220% na comparação com o mesmo período de 2018. A taxa de ocupação média é de 85%.

Números do turismo

O país recebeu 60 mil brasileiros em 2018, crescimento de 13% na comparação com o ano anterior, segundo o Turismo do Marrocos. Para 2019, a expectativa é chegar a índices entre 5% e 10% maiores. Brasil, China, Rússia e Estados Unidos se destacam como prioritários entre os mais de 30 países que recebem ações de promoção turística. “Vemos oportunidade de crescimento nesses mercados. O brasileiro tem mudado sua percepção de viagem e busca vivenciar culturas diferentes”, explica Abdellatif Achachi, diretor do Turismo do Marrocos para Portugal e Brasil.

Galanos adiantou que a Atlas Voyages tem intenções de fazer quatro outros famtours em 2020, além de treinamentos e capacitações para o trade em parceria com o Turismo do Marrocos e Royal Air Marroc. A próxima viagem está em planejamento e deve ser focada no segmento de luxo, com a participação de cerca de dez operadoras brasileiras.

Operação

A Royal Air Maroc voa cinco vezes por semana entre o Brasil e Casablanca – com três partidas de São Paulo e duas do Rio de Janeiro; e uma frequência sazonal extra para o verão. Diante do aumento do interesse e das taxas de ocupação, executivos da companhia estudam a possibilidade de tornar o voo diário em 2020. O voo de São Paulo acontece em Boeing 787-900 Dreamliner, maior aeronave da frota da RAM, com capacidade para 302 passageiros – 276 na classe econômica e 26 na executiva, que tem formatação 1-2-1. Partindo do RJ, a aeronave utilizada é o 787-800.

Em terra, a Atlas Voyages dispõe de 200 funcionários que atuam em 17 agências próprias nas cidades mais importantes do Marrocos, além de uma frota diversificada composta por 300 veículos – ônibus com wi-fi, carros 4×4 e minivans.Há 30 guias de turismo à disposição para tours em espanhol, inglês, italiano e francês – o acompanhamento em português necessita de solicitação prévia. “Temos três grandes centros operacionais dedicados a atender aos segmentos de Mice e luxo de forma individual”, afirma Sidi Mohamed, gerente da Atlas Voyages.

O Brasilturis Jornal inicia hoje uma série de textos sobre a oferta turística no Marrocos. Confira amanhã (14) o relato sobre o passeio de balão que o grupo brasileiro fez na região de Oulad Garn, a 30 quilômetros de Marrakesh.

Brasilturis Jornal viaja a convite da Royal Air Maroc e da Atlas Voyages, com proteção Affinity e April Brasil

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here