Royal Caribbean e Cruise Investment reorganizam joint venture Pullmantur

Hóspedes que já tinham reservam com a Pullmantur terão a opção de navegar em outras companhias do grupo, incluindo a Royal Caribbean International e a Celebrity Cruises

O Pullmantur Sovereign foi uma das sete embarcações a navegarem no Brasil na temporada 2018/2019 (Foto: Divulgação)
O Pullmantur Sovereign foi uma das sete embarcações a navegarem no Brasil na temporada 2018/2019 (Foto: Divulgação)

Na última segunda-feira (22), a Cruises Investment Holding e o Grupo Royal Caribbean (RCL) entraram com um pedido de reorganização de sua joint venture Pullmantur Cruzeiros nos termos das leis de insolvência da Espanha, devido aos desdobramentos da covid-19.

“Apesar do grande progresso que a companhia fez para obter uma recuperação em 2019 e do seu enorme engajamento e dos melhores esforços de seus funcionários dedicados, os ventos causados pela pandemia são fortes demais para a Pullmantur superar sem reorganização”, afirmou o conselho.

A Cruises Investment Holding possui 51% da linha de cruzeiros espanhola, enquanto a RCL possui os 49% restantes. A gerência da Pullmantur notificou os funcionários da decisão depois que os registros foram feitos junto as autoridades espanholas.

A companhia cancelou viagens até 15 de novembro de 2020. O Grupo Royal Caribbean informou que os hóspedes que já tinham reservam com a Pullmantur terão a opção de navegar em outras companhias do grupo, incluindo a Royal Caribbean International e a Celebrity Cruises.

A Royal Caribbean Cruises Ltd. é uma companhia global de viagens que controla e opera quatro companhias internacionais – Royal Caribbean International, Celebrity Cruises, Azamara e Silversea Cruises. A companhia também responde por 49% das ações da empresa espanhola Pullmantur Cruzeiros. Juntas, as marcas operam itinerários ao redor do mundo nos sete continentes.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui