Royal Caribbean e Cruise Investment reorganizam joint venture Pullmantur

Hóspedes que já tinham reservam com a Pullmantur terão a opção de navegar em outras companhias do grupo, incluindo a Royal Caribbean International e a Celebrity Cruises

O Pullmantur Sovereign foi uma das sete embarcações a navegarem no Brasil na temporada 2018/2019 (Foto: Divulgação)
O Pullmantur Sovereign foi uma das sete embarcações a navegarem no Brasil na temporada 2018/2019 (Foto: Divulgação)

Na última segunda-feira (22), a Cruises Investment Holding e o Grupo Royal Caribbean (RCL) entraram com um pedido de reorganização de sua joint venture Pullmantur Cruzeiros nos termos das leis de insolvência da Espanha, devido aos desdobramentos da covid-19.

“Apesar do grande progresso que a companhia fez para obter uma recuperação em 2019 e do seu enorme engajamento e dos melhores esforços de seus funcionários dedicados, os ventos causados pela pandemia são fortes demais para a Pullmantur superar sem reorganização”, afirmou o conselho.

A Cruises Investment Holding possui 51% da linha de cruzeiros espanhola, enquanto a RCL possui os 49% restantes. A gerência da Pullmantur notificou os funcionários da decisão depois que os registros foram feitos junto as autoridades espanholas.

A companhia cancelou viagens até 15 de novembro de 2020. O Grupo Royal Caribbean informou que os hóspedes que já tinham reservam com a Pullmantur terão a opção de navegar em outras companhias do grupo, incluindo a Royal Caribbean International e a Celebrity Cruises.

A Royal Caribbean Cruises Ltd. é uma companhia global de viagens que controla e opera quatro companhias internacionais – Royal Caribbean International, Celebrity Cruises, Azamara e Silversea Cruises. A companhia também responde por 49% das ações da empresa espanhola Pullmantur Cruzeiros. Juntas, as marcas operam itinerários ao redor do mundo nos sete continentes.


Deixe uma resposta