Royal Caribbean paralisa cruzeiros nos EUA por 30 dias

Suspensão das operações começa à meia-noite deste sábado (14/3)

royal caribbean

O grupo Royal Caribbean anunciou hoje (13) que suspenderá os cruzeiros nos Estados Unidos por 30 dias. A decisão foi tomada de forma voluntária por conta do agravamento da crise de saúde pública que o país enfrenta. “Essa é a nossa parte a desempenhar”, afirma a corporação, por meio de nota. A paralisação vale a partir da meia-noite deste sábado (14/3) e a empresa orienta os agentes de viagens a acompanhar as novidades pelo site.

A companhia opera quatro armadoras internacionais: Royal Caribbean International, Celebrity Cruises, Azamara e Silversea Cruises. Juntas, as marcas operam itinerários ao redor do mundo nos sete continentes.  

Confira a nota enviada para a redação do Brasilturis Jornal:

“Estamos entrando em contato com nossos hóspedes para ajudá-los a lidar com essa situação em suas férias e lamentamos profundamente a inconveniência. Também estamos nos comunicando com nossa tripulação para resolver as implicações que essa decisão pode representar. Entendemos que é uma situação de tensão aos nossos hóspedes, tripulantes e equipe, trabalhando para minimizar seus impactos.

Cruzeiros que partem dos portos dos EUA até hoje, 13/03/2020, operam seus itinerários programados. E os navios dos EUA já em viagem terminarão seus itinerários conforme planejado. Nosso propósito é proporcionar férias inesquecíveis e proporcionar ótimas lembranças. Esperamos voltar a este propósito o mais rápido possível.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui