Salvador tem alta no número de turistas e segue investindo em promoção

Novo centro de convenções e ampliação do aeroporto dão boas perspectivas para o turismo da cidade
Claudio Tinoco, secretário de turismo de Salvador

Em 2018, Salvador registrou fluxo turístico de 9,3 milhões de pessoas – superando os 9 milhões de 2014, quando foi sede da Copa do Mundo – e atingiu o melhor desempenho dos últimos 8 anos, segundo Claudio Tinoco, secretário de turismo da cidade. “O movimento se mantém no início deste ano, tivemos o melhor verão da década”, comemora.

Os números refletem o investimento nas obras de requalificação da orla e do centro histórico desde 2013, assim como a implantação de novos equipamentos culturais e turísticos, a exemplo da Casa do Rio Vermelho, onde viveu Jorge Amado, e do Museu Casa do Carnaval da Bahia.

“Agora estamos numa fase de continuidade das intervenções de requalificação, consolidação dos novos equipamentos, além de avançar na estratégia de promoção”, afirma o secretário.

Segundo Tinoco, Salvador foi o primeiro destino brasileiro a contratar uma agência especializada em marketing digital, o que fez a cidade ultrapassar o Rio de Janeiro em assinaturas no canal do YouTube. Estão previstos R$ 17 milhões de investimento em marketing e promoção nos próximos anos.

A parceria com o trade segue forte, principalmente com a ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis) e a Salvador Destination. Também há uma agenda de capacitações para agentes de viagem e operadores. “Queremos atrair mais turistas da Ásia, países árabes e Reino Unido”, diz.

Expectativa para o novo centro de convenções

A conclusão das obras do novo centro de convenções, prevista para setembro, com previsão de inauguração em dezembro, também deve movimentar o turismo da cidade. O novo equipamento será multiuso e terá capacidade para até 14 mil pessoas na área interna e 20 mil pessoas na área externa.

“A Bahia tem história e cultura fortes, o que fazia com que o destino estivesse no top 3 do segmento MICE. Queremos recuperar essa posição e retomar a realização de eventos nacionais e internacionais de grande porte”, afirma o secretário.

A entrega do centro de convenções vai coincidir com a primeira etapa da ampliação do aeroporto de Salvador, o que vai melhorar ainda mais a atratividade da cidade.

“Já estamos trabalhando na atração de novos voos, com uma agenda de articulação com companhias aéreas na WTM e busca por low costs. Queremos intensificar as relações com a América do Sul. A Argentina hoje representa 44% do fluxo internacional. Estamos mostrando nosso potencial para outros países do continente, queremos ser um hub no Nordeste”, declara.

 

 

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui