São João do Pelourinho encerra temporada de websérie do MTur

A festividade retornou com muito arrasta-pé, comidas típicas, quadrilhas, quermesse e muita diversão

Bahia
(Foto/ Divulgação)

O São João de Salvador (BA) voltou, após dois anos de pausa por conta da pandemia de Covid-19! A festividade é a estrela do 8º e último episódio da websérie do Ministério do Turismo “Retomada dos Grandes Eventos”. E encerrou com chave de ouro uma série de vídeos lançados semanalmente que lançaram luz sobre estes importantes eventos geradores de fluxo turístico nos destinos brasileiros.

O Centro Histórico de Salvador, definitivamente, entrou no clima junino entre os dias 18 e 26 de junho, tomando ruas, praças, largos, casarões e equipamentos culturais. As comemorações foram divididas em dois circuitos: o “Pra lá de Bão”, gratuito, e o “Pra Ficá Mió”, a cargo de instituições públicas e privadas e com ingressos a preços populares. Já o Parque de Exposições abriga shows até o dia 2 de julho. Ao todo foram realizados, em média, 27 eventos por dia, envolvendo mais de 400 artistas.

Mesmo antes do fim das festividades, o crescimento da movimentação financeira já era visível. “Temos certeza que foi uma retomada, principalmente do ponto de vista econômico, extremamente importante. Auferimos já alguns resultados de crescimento em alguns segmentos de até 40%. Temos relatos de ambulantes que ficaram super satisfeitos”, explicou a produtora-geral do São João do Centro Histórico, Simone Carrera.

Salvador possui 20 feiras e 14 mercados municipais disponíveis para a população e em atividade durante todo o ano.

Websérie

A cada semana, as redes sociais do MTur exibem episódios inéditos na Websérie “Retomada dos Grandes Eventos”. O 1º episódio lançado pelo Ministério foi o Espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém (PE); o 2º episódio mostrou o esquenta do Festival de Parintins (AM); já o 3º vídeo apresentou o São João de Caruaru (PE); no 4º festejo da série, a Festa da Colônia (RS) foi a protagonista; o 5º episódio trouxe ao espectador o São João de Campina Grande (PB); o 6° episódio foi dedicado ao São João de São Luís (MA); e o 7º episódio retratou o retorno dos bois de Parintins.

Calendário de Eventos

O Ministério do Turismo mantém um Calendário de Eventos nacional. Trata-se de uma plataforma criada para auxiliar o turista a se programar e conhecer eventos que acontecem ao longo do ano em todo o país. A ferramenta também ajuda na promoção e divulgação das festas regionais, responsáveis por grandes fluxos turísticos. O Calendário é construído de forma colaborativa e conta com o apoio das secretarias estaduais de Turismo e dos organizadores de eventos, que enviam o conteúdo das festas para o MTur.


Leia também: MTur prevê movimentação de cerca de R$ 2 bilhões dos destinos juninos

Deixe uma resposta