Scenic Luxury Cruises avalia com otimismo temporada 2022/23

Segundo Flávio Policarpo, da Scenic Luxury Cruises, os viajantes se anteciparam em reservar roteiros para a futura temporada 2022/23

Scenic Cruises temporada 2022
Flávio policarpo, da Scenic Cruises, fala sobre futura temporada 2022/23

O ano de 2021 nem chegou, mas as expectativas para 2022 já é grande; pelo menos para a Scenic Luxury Cruises. A empresa anunciou que, a partir de abril, irá retomar suas operações, atendendo aos clientes que não puderam navegar neste ano e remarcaram seus roteiros para os próximos anos. No entanto, para 2022, a previsão é que haja um engajamento maior do público, motivado, sobretudo, por conta do maior tempo de planejamento dos cruzeiristas.

De acordo com Flávio Policarpo, diretor regional de Vendas da América Latina da Scenic, afirma que a pandemia ensinou os turistas ficarem atentos aos itinerários de forma antecipada e que segurança é a palavra de ordem do momento. Além disso, o profissional declara que, desde o anúncio de uma vacina, a procura e as vendas aumentaram consideravelmente. “Crescemos 40% nas reservas a cada semana”, comenta.

Apesar da procura, o receio dos viajantes em conseguir viajar continua no radar da empresa. De acordo com Ricardo Alves, CEO da Velle Representações, todas as companhias implementaram políticas de flexibilidade acessíveis que garantem, assim, a segurança dos turistas.

A Scenic, a fim de auxiliar ainda mais os cruzeiristas, ainda lançou o seguro Platinum Protection Plan (PPP), que reembolsa 100% da reserva para os clientes que tiveram seu itinerário interrompido exclusivamente pela covid-19. “Então, caso o cliente não possa embarcar por estar com covid-19, ele terá 100% do seu dinheiro de volta”, detalha Policarpo, que destaca que o seguro é válido somente para roteiros de 2022 e 2023.

O cliente assegurado com o programa PPP também tem direito a 70% de reembolso se optar por não realizar o roteiro, caso sinalize a decisão com 15 dias de antecedência. Menos que isso, as políticas usuais são colocadas em prática, incluindo o carta de crédito equivalente a 100% do valor pago em caso de cancelamento até 60 dias antes do embarque.

Alves também reforça a comunicação constante com a indústria, que deve ser pautada, principalmente, no olhar otimista. “Ninguém quer olhar os acordos do contrato por achar que pode ser algo ruim, mas mostramos que é possível realizar a sua reserva e, se necessário, flexibilizar esse roteiro”, comenta.

Velle
Ricardo Alves, CEO da Velle Representações

Outro ponto destacado pelo CEO da Velle é, novamente, a antecedência, algo que já faz parte do DNA da representação e fortalecido nesta pandemia. “A Scenic saiu na frente com a aposta na temporada de 2022 e 2023 e temos que reforçar ao mercado que o cliente vai precisar se planejar com muita antecedência para conseguir ter todo o leque de serviços à disposição”, aconselha, comparando, junto com Policarpo, com o cliente pré-pandemia. “Muitos clientes deixavam pra última hora”, declara o representante da Scenic.

Recomeço em 2021

A partir de abril, a Scenic retoma suas operações e, além do seu portfólio de itinerários e roteiros, estará operando seu novo produto de menor duração. De acordo com Policarpo, além dos já conhecidos roteiros de oito noites, haverá o Taste of Imperial Europe, mini cruzeiros de cinco noites.

Segundo o diretor, este é um produto que visa justamente atender aos viajantes que permanecem por bastante tempo na Europa e querem adicionar um itinerário fluvial em seu roteiro. O produto, que já era previsto para o lançamento antes da pandemia, tem suas saídas previstas para abril e maio do próximo ano.

Constantes treinamentos

A Velle se destaca no mercado quando o assunto é webinares e treinamentos. E, segundo Alves, essa aposta será mantida. Para os próximos dias, há algumas capacitações previstas, a fim de apresentar os produtos disponíveis para as próximas temporadas e, mais uma vez, reforçar o otimismo. O próximo acontece na próxima quarta (2). Confira o calendário abaixo:

Deixe uma resposta