Secretaria de Turismo de SP lança portfólio eletrônico de imóveis

A ação da Secretaria de São Paulo, em parceria com a Invest SP, visa oferecer opções avaliadas previamente e de vocação para o Turismo

SP
A Ecomarina, em Cananéia, 200 metros de frente para o mar e a dez minutos de barco da Ilha do Cardoso

A Secretaria de Turismo e Viagens (Setur) e a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (Invest SP) lançaram um portfólio eletrônico de imóveis para investimentos no estado de São Paulo. Inicialmente são terrenos ou prédios com potencial turístico, localizados no Vale do Ribeira, nos litorais sul e norte e no centro da capital.

Uma equipe de consultores ligados à Setur e à Invest SP mapeou os terrenos disponíveis, edifícios públicos e imóveis privados, com o objetivo de oferecer opções avaliadas previamente e de grande vocação para o turismo.

“É uma forma de encurtar o caminho de potenciais investidores, fomentar regiões de interesse público e viabilizar novos negócios”, disse Vinicius Lummertz, secretário de Turismo e Viagen. Segundo ele, a decisão de investir em turismo, muitas vezes, parte de uma localização, de uma área, prédio ou terreno.

É possível que alguns prédios disponíveis para locação ou venda, em regiões estratégicas do estado, estejam aptos a se tornarem hotéis, da mesma forma que imóveis menores possam se transformar em centros de exposição e terrenos maiores sejam concessionados para que se modelem como um parque temático, por exemplo.

“Por meio da Invest SP atuamos para ampliação de todos os negócios no Estado de São Paulo. Conectamos os empresários e investidores aos players do ambiente de negócios e direcionamos o processo de investimento para que seja mais ágil e simples. A plataforma que lançamos hoje é mais uma iniciativa para que os investidores tenham acesso às mais importantes oportunidades no setor de turismo.” afirmou Gustavo Junqueira, presidente da InvestSP.

O trabalho também teve apoio do Secovi-SP, o maior sindicato do mercado imobiliário da América Latina. Nos próximos meses, serão acrescentadas novas áreas, prédios e terrenos. Os interessados podem entrar em contato diretamente pela plataforma.

Deixe uma resposta