Seguradora Zurich oferece ressarcimento automático de indenizações

Em parceria com Visa e Cielo, a Zurich lançou esse projeto que permite a redução a indenização em até 30 minutos

Zurich

A Zurich do Brasil fechou parceria com a Cielo e a Visa para viabilizar o lançamento da primeira operação de transferências instantâneas de indenizações de seguros envolvendo cartões de débito. Por meio da plataforma Visa Direct, a solução permitirá reduzir o tempo para o segurado receber a indenização após aprovação da Zurich, de cinco dias úteis para até 30 minutos nos emissores habilitados.

O projeto será com seguro viagem Zurich Viagem e estará disponível no piloto para os clientes da Zurich portadores de cartões de débito Visa que solicitarem reembolso das coberturas de atraso de voo e despesa farmacêutica. Após escolhido o recebimento na conta do cartão de débito, o cliente receberá e-mail com a confirmação de que o pedido foi aprovado e o link para inserir os dados para que o valor seja creditado.

Fabiano Lima, diretor de Vida, Previdência e Capitalização da Zurich no Brasil, declara que o projeto posiciona a companhia entre as mais ágeis no atendimento aos segurados. “A solução otimizará indenizações a clientes e reduzirá os custos transacionais de pagamentos. Do ponto de vista dos clientes e dos parceiros de negócios, a indenização é paga em tempo recorde”, detalha.

Ainda de acordo com o executivo, a companhia visa expandir a solução para outras 34 coberturas reembolsáveis e para outros seguros, como seguro auto, para pequenas e médias empresas, entre outras linhas de negócios.

Percival Jatobá, vice-presidente de Soluções e Inovação da Visa do Brasil, declara que a plataforma Visa Direct permite que a transferência seja feita entre a empresa e o cliente para uma credencial de pagamento Visa. A solução está disponível em 30 países e vem auxiliando o mercado no ressarcimento de indenizações aos segurados em casos de emergência, sobretudo no exterior.

“Em 2020, a Visa registrou um crescimento 20 vezes maior do número de transações com Visa Direct na América Latina e no Caribe em comparação ao ano anterior. Isso mostra que os pagamentos instantâneos ganham cada vez mais espaço no mundo. O Visa Direct vai possibilitar duas coisas fundamentais para os clientes da Zurich: praticidade e ainda mais segurança. Essa é uma parceria que deve virar tendência à medida que as pessoas experimentarão também o quão simples será a usabilidade”, conta Jatobá.

Francisco dos Santos, head da Cielo Fintech, se orgulha da iniciativa e declara que essa açaõ demonstra a capacidade da companhia em prover soluções compatíveis com a necessidade dos clientes. Além disso, lembra que a Cielo foi a credenciadores de cartões pioneira no Brasil em viabilizar pagamentos por meio do Visa Direct, também presente no serviço de indenização de seguros lançados agora.

Deixe uma resposta