Sita convida companhias aéreas para testar novo aplicativo

Por: Camila Oliveira

 

O time de pesquisa e tecnologia da Sita, chamado Sita Lab, convidou as companhias aéreas e desenvolvedores para participar dos testes do developer.aero. Esse é o portal do API (Application Programming Interface), que está a cargo do Sita Lab nesse momento. A plataforma está sendo projetada para permitir que companhias aéreas, aeroportos e outros players da indústria da aviação estendam os processos de TI já existentes e mobilizem a comunidade de desenvolvedores para fornecer novos aplicativos ao setor e aos viajantes de todo o mundo.

 

O CTO da Sita, Jim Peters diz: “A arquitetura API é a chave que impulsiona o desenvolvimento e a elaboração de novos aplicativos para qualquer plataforma. A exposição de dados ou de processos através de APIs permite aos desenvolvedores a criação de recursos que irão beneficiar a todos. O API abre possibilidades para empresas que não tenham recursos para desenvolver seus aplicativos ou até mesmo para as quais querem desenvolver aplicativos, prevendo a demanda dos clientes”.

 

Na indústria aérea, por exemplo, ao permitir que os desenvolvedores tenham acesso aos dados referentes às malas despachadas quando elas passam pelos vários postos de controle durante a viagem, é possível alimentar uma API útil para o autosserviço de rastreamento de bagagem. Essa é apenas uma área sobre a qual a equipe do Sita Lab está concentrada.

 

A plataforma abrirá portas, de maneira segura e controlada, para que os desenvolvedores de aplicativos tenham acesso a grande quantidade de dados da indústria. Com isso, será possível a criação de aplicativos para dispositivos móveis, como celulares e tablets.

 

“Esperamos que nossa pesquisa com o  developer.aero impulsione a inovação em toda a indústria aérea. O relacionamento da comunidade de desenvolvedores com o setor aéreo será ampliado e reforçado, enquanto o design do portal manterá o controle de dados e infraestrutura”, disse Peters.

 

A Sita planeja ter vários APIs disponíveis no developer.aero.  O primeiro API que está em teste com as companhias aéreas é a BagTrac. Esse API expõe os dados sobre a localização de cada bagagem despachada, conforme são verificadas durante a viagem. Como líder mundial em soluções de TI, a Sita gerencia o BagMessage que trata, anualmente, de 1,2 bilhão de mensagens de malas. Nesses números, estão incluídos mais de 400 milhões de mensagens do processamento de bagagens que mostram detalhes da localização exata de uma peça dentro da bagagem, por exemplo, no carrossel de um determinado aeroporto, no avião ou na área de triagem de bagagens. Ao expor esses dados, a Sita permitirá aos desenvolvedores a criação de soluções de nicho que sejam rápidas e fáceis.

 

Para as companhias aéreas interessadas em trabalhar com o  BagTrac do Sita Lab, o developer.aero permitirá que os dados relevantes e processos de negócios sejam expostos para que os desenvolvedores criem soluções que possam controlar a bagagem  em todo o mundo. Essas soluções também permitirão que os passageiros façam queixas através do celular, se algo der errado, fornecendo instruções atualizadas de roteamento – um recurso de autoatendimento de passageiros com grande potencial de redução de custos para as companhias aéreas.

 

Outro API da Sita disponível é o Mobile Boarding Pass. Nenhum sistema de controle de partida ou de check-in fornece, hoje, uma tecnologia 2D completa e compatível com a Iata. O Mobile Boarding cria o bilhete digital e um processo de entrega de mensagem customizado para qualquer dispositivo móvel. A Sita já está expondo suas soluções para que as companhias aéreas não precisem criá-las. Essa é uma comunidade que irá funcionar em qualquer sistema de check-in e é compatível com tecnologias futuras, tais como o Passbook da Apple para IOS 6.

 

Hoje, 73% dos passageiros gostariam de utilizar a tecnologia 2D em passagens aéreas com códigos de barras, mas até o momento apenas as companhias aéreas com grandes recursos de TI puderam implantar os cartões de embarque digitais; outras companhias aéreas estão trabalhando em como implantar essas soluções a termos de custo. Esse API fornece às companhias aéreas a oportunidade de oferecer aos seus passageiros a conveniência dos cartões digitais.

 

Os APIs estão disponíveis apenas para testes das companhias aéreas ou desenvolvedores autorizados pelas companhias. Eles já podem acessar a plataforma e se cadastrar para utilizá-la.

 

CO

 

 

 

Deixe uma resposta