Sky opera 1º mês de Santiago-São Paulo acima das expectativas

0
A320neo da Sky Airline no aeroporto, de Guarulhos, em São Paulo (Foto: Divulgação)
A320neo da Sky Airline no aeroporto, de Guarulhos, em São Paulo (Foto: Divulgação)

A low-cost Sky mal chegou ao Brasil, mas já tem causado impacto. A rota Santiago-São Paulo, iniciada em dezembro, registrou ocupação de 87% nos primeiros 30 dias. Os índices superam as expectativas da companhia e reafirma o potencial dos dois destinos.

Embora a companhia aérea opere no país desde novembro de 2018, a rota para São Paulo foi a última rota a ser implementada. Porém os números são encorajadores, de acordo com relatórios da Sky.

As rotas para o Brasil são operadas com a nova frota de aeronaves A320neo, sendo assim, a mais nova e moderna de uma companhia aérea de baixo custo na América do Sul.

Sky no Brasil

Atualmente, a aérea oferece seis voos semanais para o Rio de Janeiro, a partir de Santiago.

Para Florianópolis, são quatro voos semanais (às terças, quintas, sábados e domingos), saindo de Santiago. E para São Paulo, mais cinco, totalizando 15 voos semanais, conectando o Brasil ao Chile.

“O Brasil é um mercado com significativo potencial de desenvolvimento para nós, dada a relação entre os dois países”, afirmou o CEO da SKY, Holger Paulmann.

“Além disso, o Chile e o Brasil também se reforçam mutuamente, porque os chilenos gostam das praias e os brasileiros, da neve. Portanto, esperamos que nossos voos mantenham e até mesmo excedam a taxa de ocupação estimada “, exaltou o CEO.

“Nosso principal objetivo é democratizar os céus com passagens acessíveis a todos; tornar o transporte aéreo um espaço de inclusão em toda a América do Sul”, completou Paulmann.

Leia mais sobre Aviação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here