STR: Hotelaria da América Central e do Sul registram melhora em agosto

Ocupação e Revpar contam com os maiores índices desde março, mas ainda são os menores índices registrados no banco de dados do STR

Hotelaria da América Central e do Sul

De acordo com dados disponibilizados pelo STR, a indústria hoteleira da América do Sul e Central relatou ligeira melhora em agosto em relação ao mês anterior. Confira detalhes do mês frente ao mesmo período do ano passado:

  • Ocupação: houve uma queda de 66,4% na ocupação, totalizando uma média de 20,2%
  • Taxa média diária: contou com decréscimo de 34,7% e chegou a US$ 53,66
  • Revpar: caiu 78,1% e totalizou US$ 10,82

Os níveis de ocupação e revpar foram os mais altos na região desde março, mas ainda são os índices mais baixos para qualquer mês de agosto no banco de dados. A diária média também foi a menor do que qualquer outro mês de agosto registrado na região.


Deixe uma resposta