TAM remaneja malha aérea e prepara operação especial para temporada

Por: Chris Flores

A TAM Linhas Aéreas inicia em 1º de julho a operação criada para a alta temporada de férias escolares. Até 4 de agosto, a companhia vai manter um esquema especial para agilizar o atendimento aos passageiros no período. 

 

A recomendação principal a todos os viajantes é a preferência pelo check-in antecipado, que pode ser realizado por meio da internet, do celular e dos totens de autoatendimento instalados nos aeroportos. Além disso, recomenda-se antecedência na apresentação ao embarque e atenção às normas da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para as especificações e limites de bagagens. 

 

“Esse é um ano de retração da demanda corporativa, então seguimos cautelosos na oferta, mesmo na alta temporada. Reforçamos o atendimento e tivemos muita flexibilidade para adaptar a malha aérea nas rotas com maior procura. Assim, vamos garantir a melhor experiência de viagem a todos os clientes, mantendo a liderança em pontualidade e em geração de conectividade”, afirmou a presidente da TAM, Claudia Sender.

 

As principais iniciativas para a próxima alta temporada serão:

 

o 5 aeronaves de reserva: serão 4 Airbus (sendo 3 A320 e 1 A321) e 1 Boeing 767 posicionados em tempo integral em aeroportos estratégicos para a gestão da malha aérea da empresa.

 

o Reprogramação da malha aérea de voos para reforçar oferta de assentos nos mercados com maior demanda no período. A adaptação foi feita para interligar ainda mais os principais hubs (centros de conexão de voos) da empresa (Brasília, Rio de Janeiro/Galeão e São Paulo/Guarulhos) aos destinos no Norte e Nordeste do Brasil (Fortaleza, Maceió, Manaus, Natal, Recife e Salvador) e ao exterior (principalmente Miami e Orlando).

 

o Medidas preventivas operacionais: Para garantir a regularidade das operações e dos reforços de aeronaves e voos, a TAM antecipou as manutenções de rotina da sua frota e providenciou maior estoque de peças de reposição e motores adicionais de reserva; remanejou datas de treinamento e de férias para assegurar as equipes de atendimento nos aeroportos e lojas; reforçou times de segurança da operação e incrementou as equipes de solo dedicadas ao manuseio de bagagens e cargas; planejou escala de plantão para tripulantes que estarão de reserva no período e podem ser acionados em casos de contingência operacional; realizou testes preventivos de sistemas e proteções, reforçando as equipes de TI para suporte presencial nos aeroportos.

 

Informações: www.tam.com.br

 

 

CF

Deixe uma resposta