Transporte… O que é o que é?

Estimativas apontam para a existência de mais de 1,2 bilhão de veículos no mundo, um milhão de quilômetros de linhas férreas e 24 mil aeronaves.

0

No mundo das viagens e do turismo, o transporte se constitui num dos itens mais fundamentais, uma vez que o próprio conceito de viagem nos leva, necessariamente, a um processo de deslocamento. São centenas de milhões de pessoas que vão e vem e transformam o mundo em um formigueiro enlouquecido.

Impossível calcular, dentre os mais de oito bilhões de pessoas que habitam este planeta, o número exato de veículos de transporte que levam toda essa gente. Estimativas apontam para números realmente impressionantes: mais de 1,2 bilhão de veículos no mundo – excluindo tratores, máquinas de obras, motocicletas, bicicletas e outros; mais de um milhão de quilômetros de linhas férreas; mais de 24 mil aeronaves.

A Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA) calculou que, apenas em 2017, quatro bilhões de passageiros embarcaram em voos comerciais (quase o dobro do que em 2005) e que, pela primeira vez na história, registrou o movimento de mais de 100 mil voos por dia pelo mundo – com mais de 1,2 bilhão de pessoas no ar, em qualquer momento do dia! Os cruzeiros marítimos registraram a participação de mais de 26 milhões de pessoas em seus itinerários. A Organização Mundial do Turismo conseguiu estimar 1,3 bilhão de chegadas internacionais em 2018.

O conceito de transporte nos diz que algo será levado de um lugar para outro com a utilização de um veículo e/ou meio para viabilizar o processo em questão. Até a presente data, conhecemos o transporte terrestre (rodoviário ou ferroviário), aéreo, marítimo, fluvial e deveremos vivenciar, num futuro não muito distante, a possibilidade do teletransporte.

Dentre os muitos veículos, utilizados em nossos dias, podemos listar a presença de balões, dirigíveis, aviões, helicópteros, carros, limusines, ônibus, peruas, vans, trens, trailers, barcos, navios, iates, saveiros, escunas, hovercrafts, motocicletas, bicicletas, segways, carroças, diligências e, até, de flying-boards, espécies de drones personalizados que permitem o transporte e a deslocação individual de pessoas se transformando em homens-voadores.

Transporte significa o ato, efeito ou operação de transportar, condução ou, mesmo, o veículo próprio para transportar tropas e/ou cargas. Em contabilidade, seria a soma “transportada” de uma coluna para outra, de uma página para outra. Na música, caracterizaria a mudança de tom de um trecho para outro diverso àquele em que a partitura fora escrita.

A palavra transporte teria a sua origem no latim transportare:  levar para além (trans) do portão/porta da casa com destino a outro lugar. Além (trans) do portus (porto).

De acordo com alguns estudiosos, o primeiro meio de transporte no mundo foi o aquático – ainda no período que chamamos de pré-história – com a construção de canoas, talhos em troncos de madeira ou bambus. Mencionam também a era das viagens em carroças e diligências e contam de que foi a invenção de John Dunlop – que, em 1888, criou o pneu com câmara para bicicletas – e a posterior adaptação deste invento por Edouard Michelin, criador do pneu para automóveis, que revolucionaram o transporte terrestre. E jamais poderíamos esquecer a genial contribuição de Santos Dumont para a história do transporte aéreo!

Os meios de transporte são vitais para as viagens e definitivamente decisivos para o desenvolvimento do turismo no mundo de hoje e de amanhã.

LEIA TAMBÉM
+ Iata estima que aviação movimentará 8,2 bilhões de passageiros em 2037

Ilustração: Tumisu por Pixabay 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here