Turismo da China promove primeiro evento na América Latina e firma parceria com o Brasil

1
A noite foi marcada por apresentações e muita troca de experiências (Foto: Felipe Abílio)

Por Felipe Abílio

O Turismo da China reuniu o trade no WTC, em São Paulo, para seu primeiro evento oficial na América Latina, o “Noite de Turismo da China 2018 – Bela China: O charme do Rio Yangtzé”. Autoridades de 15 destinos da região em torno do Rio Yangtzé se juntaram com agentes e operadores na noite desta sexta-feira (19) para um jantar com muita troca de experiências.

Zhang Xilong, Vice-diretor Geral do Departamento de Intercâmbio internacional e Cooperação, Ministro da Cultura e Turismo da República Popular da China

Zhang Xilong, Vice-diretor Geral do Departamento de Intercâmbio internacional e Cooperação  do Ministério da Cultura e Turismo da República Popular da China, abriu o discurso falando da importância que o Brasil tem para o país asiático.

“A gente tem uma história longa com vocês e aqui é um dos mercados prioritários para nós. Desde 2004, o Brasil se tornou referência para os turistas chineses principalmente pelos acordos bilaterais. O fluxo turístico foi de quase 150 mil pessoas entre os países e o Brasil continua sendo o principal emissor da América Latina”, comemorou. “Este é o nosso primeiro evento aqui, mas queremos fazer mais pelo menos um por ano”, disse ao BrasilTuris.

Alisson Braga de Andrade, Coordenador-Geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica da Embratur, afirmou que essa nova aliança com a China já será trabalhada de forma mais efetiva com ações de divulgação e negócios.

Alisson Braga de Andrade, Coordenador-Geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica da Embratur, e Zhang Xilong, Vice-diretor Geral do Departamento de Intercâmbio internacional e Cooperação, Ministro da Cultura e Turismo da República Popular da China, firmam parceira entre os países (Foto: Felipe Abílio)

“Hoje a gente recebe cerca de 60 mil chineses por ano e manda 80 mil brasileiros. A China entrou no patamar de mercado prioritário no nosso planejamento estratégico, isso quer dizer que vamos intensificar ainda mais as ações no país. Já demos o início participando da ITB China, em Xangai, onde levamos uma comitiva de organizações brasileiras do setor público e privado para fechar negócio com receptivos chineses e conversar com as companhias aéreas”.

Orlando Faria, Secretário de Turismo de São Paulo, fez comparação entre os a China e a capital paulista e disse que o Estado está aberto para receber todos os novos turistas.

“A China é um país em constante renovação e São Paulo também passa por este momento. Somos a terra do mundo inteiro e recebemos cerca de 8 milhões de pessoas por ano. Estamos aqui hoje e a partir de agora vamos divulgar a China em todos os nossos canais de comunicação mostrando o que o país tem de melhor. Vamos ajudar a fomentar esse intercâmbio turístico e espero ser o próximo turista brasileiro a ir até eles”.

Durante o jantar oferecido pelo destino, um grupo de Dança Clássica Chinesa se apresentou com o número “Leque da Primavera” mostrando um pouco da tradição do país. O Brasil não ficou de fora e também mostrou um pouco da nossa cultura com a apresentação de Raízes Africanas do Brasil com demonstração de capoeira.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here