Turismo da Nova Zelândia e Air New Zealand anunciam promoção

A a ção do Turismo da Nova Zelândia e da Air New Zealand começa na segunda (16)

0
Nova Zelândia
Marco Marques, Chris Langley e Karem Basulto

Durante o Kiwi Link, evento de capacitação que reuniu executivos de operadoras e agentes de viagens no hotel Pullman Ibirapuera, o escritório de Turismo da Nova Zelândia no Brasil anunciou o início de uma parceria com a Air New Zealand. A aérea do país na Oceania irá oferecer valores competitivos para a venda dos bilhetes a partir da próxima segunda-feira (16) até o dia 30 de setembro.

Na mesma data, vai ao ar uma campanha institucional global com 365 nativos neozelandeses de diferentes cidades mostrando a diversidade natural e cultural do destino. A ação será intitulada “Good Morning World”, aproveitando o fato de  que o país é um dos primeiros a receber o sol no planeta. Os 26 vídeos poderão ser selecionados por localização ou por tema, e serão legendados em português.

Presente ao evento, Chris Langley, embaixador da Nova Zelândia no Brasil, reforçou a importância do Turismo na construção da reputação de um país. “A atividade não está relacionada apenas a um componente econômico. Ele tem impacto na imagem do país e fortalece os laços entre as pessoas”, disse.


LEIA MAISTurismo da Nova Zelândia e Air New Zealand anunciam promoçãoNova Zelândia divulga agenda de roadshow em SP, RJ e RS; confira
+ Nova Zelândia tem aumento de 20% de brasileiros que cada vez mais buscam lazer

Marco Marques, executivo responsável pelo atendimento ao trade sul americano, fez uma apresentação sobre os principais destinos e atrativos do país que reúne, em uma área do tamanho do estado de São Paulo, uma diversidade de paisagens e atividades que atingem diferentes perfis de viajantes. “As distâncias entre os pontos de interesse são curtas, de duas a três horas em média”, disse.

Há praias, geleiras, gêiseres, geleiras, fiordes, vulcões, atividades de aventura, roteiros de contemplação, observação de baleias, passeios por cenários de filmes famosos, tours em vinícolas e imersão na cultura maori. Outra vantagem apontada pelo profissional é o câmbio mais favorável na comparação com outros destinos internacionais. “Hoje um dólar neozelandês vale R$ 2,70, o que nos torna bastante competitivos”, disse.


Leia Também:
Embratur e Pernambuco terão promoção conjunta em feiras internacionais
Portugal é premiado como “Destino Turístico Acessível” pela OMT
Cabo Frio (RJ) realiza o quinto Festival Sabores até outubro; veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here