Turismo e eleições: As propostas para o pós-pandemia

Prefeitos de dez municípios que estão entre os mais buscados para viagens em 2021 revelam os planos para desenvolver a atividade turística em seus territórios

turismo e eleições

Como acontece em todo ano eleitoral, as estratégias focadas no desenvolvimento do Turismo e as promessas de apoio a essa indústria, reconhecidamente geradora de emprego e renda, ganharam força nos últimos meses do ano passado.

Nas eleições de novembro, os 5.570 municípios brasileiros escolheram os prefeitos que comandarão as ações nos próximos quatro anos. Postulantes ao mais alto cargo público na esfera municipal viram na atividade uma boa alternativa para movimentar as economias no pós-crise.

A palavra “Turismo” estava em praticamente todos os planos de governo, ao menos entre os destinos consolidados nacionalmente. É fato que a amostra é pequena. Ainda é preciso caminhar muito para que o Turismo tenha protagonismo no cenário nacional.

Também é certo que investimentos e ações efetivas nem sempre saem do discurso e se consolidam, oscilando segundo variáveis diversas que vão da questão partidária ao Zeitgeist. Desta vez, a esperança de ter uma rápida resposta econômica frente às mazelas da pandemia coloca o espírito do tempo a favor do Turismo.

Com base em quatro rankings diferentes, o Brasilturis Jornal selecionou as dez cidades mais buscadas pelos viajantes para entender como os prefeitos eleitos em cada localidade inseriram o Turismo no planejamento até 2024. As informações foram obtidas por meio de dados públicos, informados pelos candidatos ao Tribunal Superior Eleitoral.

Nossa seleção tomou por base os rankings de destinos mais vendidos pela Azul Viagens e pela CVC para as férias de verão e pesquisas realizadas pelo Kayak e pelo Skyscanner que revelaram as cidades mais buscadas pelos internautas para viagens no mesmo período.

O resultado considerou locais que tenham aparecido em, pelo menos, 2 das 4 listas. A predominância do Nordeste é clara, com 7 das 10 citações. Natal (RN) e Porto Seguro (BA) foram os únicos municípios que tiveram menção nos quatro rankings, ainda que em posições diferentes. Maceió (AL), Fortaleza (CE), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ) aparecem em 3 das 4 listas, enquanto Recife e Porto de Galinhas (PE) e Gramado (RS) foram citados em 2 delas. O décimo destino selecionado, Alto Paraíso de Goiás, veio de uma indicação de fora. Outros 14 municípios ou regiões constaram com uma menção em um dos rankings selecionados (veja no box).


eleições
Alvaro Dias Costa

NATAL (RN)

Menção em 4 das 4 listas Melhor colocação: 2º lugar (Skyscanner)
Prefeito eleito: Álvaro Dias Costa (PSDB)

O Turismo é considerado “vocação inegável da cidade” e se alia ao conceito de economia criativa no plano do prefeito eleito. Entre as obras destacadas estão o projeto de ampliação da orla de Ponta Negra e a criação do Terminal Turístico da Redinha na principal praia da zona Norte da cidade, com deque para eventos, calçadão, quiosques e centro de artesanato.

Outras propostas incluem a criação de uma rota de bicicleta entre Natal e Parnamirim; desenvolvimento de produtos que contemplem opções de lazer noturno e para dias de chuva, além de investimento em roteiros que contemplem os segmentos de ecoturismo, turismo de aventura e turismo histórico-cultural.

Aprimorar a gestão ambiental também está nos planos, bem como instituir um sistema municipal de informações estatísticas do turismo local para planejamento de longo prazo e capacitar o trade turístico, em parceria com o Sistema S.


jânio natal e o turismo
Jânio Natal

PORTO SEGURO (BA)

Menção em 4 das 4 listas Melhor colocação: 1º lugar (Azul Viagens)
Prefeito eleito: Jânio Natal (PL)

O prefeito eleito informa intenção de buscar parcerias público-privadas e investimentos para garantir o crescimento sustentável do município baiano. Entre os principais planos estão a construção de uma nova rodoviária para atender ao grande fluxo de turismo terrestre, construção de um teleférico integrado à Cidade Histórica, requalificação da Passarela do Álcool e construção de uma marina para atendimento ao turismo náutico.

Outras frentes são a criação de corredores turísticos em todo o município, divulgação antecipada do calendário de eventos, contemplando festas que serão criadas para movimentar a região na baixa temporada, ações nos polos emissores para incentivo ao turismo familiar e iniciativas para atrair viajantes da melhor idade.

joão henrique e o turismo
João Henrique Caldas

MACEIÓ (AL)

Menção em 3 das 4 listas Melhor colocação: 1º lugar (CVC)
Prefeito eleito: João Henrique Caldas (PSB)

Ações pautadas pelo bem-estar, inclusão, incentivo ao empreendedorismo e eficiência constituem os pilares do plano de gestão do prefeito eleito na capital alagoana. Para o Turismo, as ações incluem a valorização do aspecto cultural, com a criação da Casa da História, da Memória e da Cultura de Maceió; e do Núcleo de Referência da Gastronomia.

A construção da plataforma “Turistando”, ferramenta que irá mostrar e narrar os atrativos da cidade com linguagem alimentada por inteligência artificial, também está nos planos, bem como a realização do georreferenciamento completo dos equipamentos turísticos municipais.

A prefeitura também se compromete com a criação do Núcleo de Profissionalização e Qualificação dos Trabalhadores do Turismo, junto ao Sistema S, e com a consolidação de parcerias que permitam oferecer wi-fi gratuito nos principais equipamentos turísticos.


sarto nogueira e o turismo
Sarto Nogueira

FORTALEZA (CE)

Menção em 3 das 4 listas Melhor colocação: 3º lugar (Kayak)
Prefeito eleito: Sarto Nogueira (PDT)

O prefeito eleito da capital cearense promete se basear sua gestão nas propostas criadas dentro do Plano Urbanístico e Socioeconômico “Fortaleza 2040”. O documento foi construído por técnicos do poder público, agentes políticos, especialistas acadêmicos e representações de diversas camadas da sociedade civil e dos territórios, a partir de prognósticos construídos coletivamente.

Sem citar nenhuma obra em específico, o plano de governo prevê trabalho colaborativo com o trade turístico local para estimular a economia da capital cearense e intersetorialidade das políticas públicas que deverão ser cada vez mais consistentes, sistemáticas, transversais e continuadas para servirem como vetor de desenvolvimento econômico e combate à desigualdade social.


joão campos e o turismo
João Campos

RECIFE (PE)

Menção em 2 das 4 listas Melhor colocação: 1º lugar (Kayak)
Prefeito eleito: João Campos (PSB)

As ações voltadas ao Turismo foram inseridas no escopo de “Cidade Humanizada”, um dos quatro eixos do plano de governo apresentado pelo prefeito eleito. As iniciativas são coordenadas com os segmentos de mobilidade sustentável, transformação e infraestrutura urbana, segurança, ambiente natural, cultura, esportes e lazer, sendo viabilizadas por meio de políticas públicas consistentes e permanentes para estimular a economia da cultura e o turismo criativo, em uma visão sistêmica e integrada.


bruno reis
Bruno Reis

SALVADOR (BA)

Menção em 3 das 4 listas Melhor colocação: 4º lugar (Kayak)
Prefeito eleito: Bruno Reis (DEM)

O plano de 103 páginas dedica bastante espaço para estratégias integradas e iniciativas voltadas ao Turismo. A começar pela ampliação do escopo de trabalho da Diretoria de Gestão do Centro Histórico, que passa a oferecer atividades de dinamização cultural com os programas “Pelourinho Dia e Noite” e “Vem pro Centro”. Uma plataforma anual de eventos será criada e destacará, entre outras festividades, eventos relacionados à valorização da cultura negra.

Outras frentes são a criação de distritos turísticos em Itapuã (para turismo de lazer) e na península de Itapagipe (com viés religioso por meio do Caminho da Fé, que liga o Santuário de Santa Dulce dos Pobres com o Santuário do Senhor do Bonfim), bem como a implementação do projeto “Geografia da Moqueca” – em conexão com a Baía de Todos os Santos e com a participação de chefs – para criar uma cadeia turístico-cultural acoplada ao turismo de experiência. Salvador também pretende investir em Turismo de saúde e bem-estar, por meio da formação de um cluster com hospitais, clínicas especializadas, hotéis e spas.


eduardo paes
Eduardo Paes

RIO DE JANEIRO (RJ)

Menção em 3 das 4 listas Melhor colocação: 2º lugar (Kayak)
Prefeito eleito: Eduardo Paes (DEM)

Em um documento sucinto, de apenas duas páginas, o prefeito eleito do Rio de Janeiro informa os 12 objetivos centrais do plano municipal de gestão. A prioridade é recuperar a situação financeira do município e reduzir os níveis de pobreza, bem como melhorar a qualificação dos guardas municipais e o respeito do carioca com os patrimônios da cidade.

Entre os projetos previstos estão o reforço à capacitação do carioca para o mercado de trabalho e a atração de investimentos por meio de parcerias em Turismo com o setor privado e com o governo federal para recuperar a cidade no pós-pandemia.


célia sales
Célia Sales

IPOJUCA/PORTO DE GALINHAS (PE)

Menção em 2 das 4 listas Melhor colocação: 3º lugar (Azul Viagens)
Prefeita eleita: Célia Sales (PTB)

O Turismo foi inserido no eixo “Cuidando do Futuro”, um dos quatro pilares que compõem o plano de governo da prefeita eleita no município que tem a vila de Porto de Galinhas como seu principal cartão-postal.

Na extensa lista de ações práticas propostas estão a padronização da orla, implantação e manutenção de sinalização turística, além da criação de um projeto cenográfico na rodovia PE-09, com apoio de empresários e artistas locais. Há, ainda, planos para promoção de eventos que impulsionem o turismo local e a criação de rotas turísticas com outros municípios do estado.


nestor tissot
Nestor Tissot

GRAMADO (RS)

Menção em 2 das 4 listas Melhor colocação: 3º lugar (Azul Viagens)
Prefeito eleito: Nestor Tissot (PP)

O prefeito eleito de Gramado elencou diversas frentes de trabalho, sem menção específica ao Turismo no plano apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral. A atividade aparece unida à Cultura, como motor da economia criativa, segmento que prevê cursos de capacitação em parceria com universidades para elaboração de projetos e geração de renda.

Está nos planos a parceria com instituições de pesquisa que visam consolidar um sistema de informações e indicadores culturais para a criação do mapa digital e aplicativo com informações diárias. Vale lembrar que Gramado foi citado nominalmente apenas uma vez no ranking da Azul Viagens. Entretanto, a lista da CVC traz menção à Serra Gaúcha, região na qual o município se destaca por ser um dos principais indutores de turismo.


marcus rinco
Marcus Rinco

ALTO PARAÍSO (GO)

Prefeito eleito: Marcus Rinco (DEM)

Além dos rankings de vendas e buscas, o outro destaque do Turismo brasileiro veio de uma indicação de fora. O Cerrado brasileiro foi incluído pela revista National Geographic na seleta lista de 25 melhores destinos do mundo para explorar em 2021. A matéria destaca a biodiversidade como chamariz para viajantes de todo o mundo, mas também critica o desmatamento decorrente do cultivo de soja e da pecuária.

Apesar de mencionar apenas o bioma – que abrange a totalidade ou parte dos territórios de pelo menos 15 estados brasileiros – Alto Paraíso de Goiás, cidade a pouco mais de 400 quilômetros de Goiânia é considerada um dos melhores lugares para observar a natureza do Cerrado, por ser porta de entrada para a Chapada dos Veadeiros, com 180 atrativos naturais para visitação registrados, além de pousadas, hotéis e restaurantes.

O prefeito eleito incluiu o Turismo entre os planos para o desenvolvimento econômico sustentável, um dos dez pilares que norteiam as ações até 2024. A intenção é fortalecer as políticas públicas desta pasta para buscar sustentabilidade na gestão dos atrativos, por meio da implementação de uma política municipal para a atividade.

Outras frentes são a criação de um Mapa da Chapada, revitalização do projeto Jovem Guia Aprendiz, implantação de sinalização turística bilíngue e formatação de uma agenda fixa de eventos para combater a sazonalidade, bem como a criação da Fundação de Turismo e Cultura e do Núcleo Municipal de Captação de Recursos.


PREFEITO AMIGO DO TURISMO

O Movimento Supera Turismo Brasil criou o “Prefeito Amigo do Turismo”, uma iniciativa para sensibilizar os prefeitos e vereadores em relação aos benefícios de apoiar e desenvolver a atividade turística para gerar emprego e renda em seus territórios. Até o fechamento dessa reportagem, 16 prefeitos haviam assinado o termo de compromisso.

Os signatários se comprometem com as ações sugeridas pela diretoria do Movimento, que incluem a construção de um Plano Municipal de Turismo com base na realidade local, fomento ao empreendedorismo, criação de ambiente de negócios que atraia investidores, investimento em capacitação voltada ao bem-receber e ações de sensibilização em escolas para desenvolvimento de atividades relacionadas ao Turismo, entre outras. Maragogi (AL), Parnaíba (PI), Porto Murtinho (MS) e Joinville (SC) estão na lista. Conheça as propostas do Movimento e os prefeitos que assinaram o termo no link.

Deixe uma resposta