Turismo paulista explica como obter crédito

crédito

Em meio aos efeitos da crise motivada pelo novo coronavírus, a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo lançou ontem (6/4) uma cartilha com orientações para facilitar o acesso de empresas do setor a linhas de crédito oferecidas por instituições financeiras por meio do Desenvolve SP, programa de crédito turístico.

Criado em setembro do ano passado, o programa surgiu como uma forma de estruturar os destinos, criar empregos e gerar renda em todo o estado. Entretanto, devido às consequências da pandemia de Covid-19, o Desenvolve SP foi redirecionado para prestar auxílio financeiro às empresas por meio de instituições como BNDES, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Banco do Povo.

Empresas podem solicitar recursos para capital de giro, além de cobertura para despesas fixas e operacionais da empresa, como salários, pagamento a fornecedores, taxas, aluguéis e condomínios, entre outras. Além dos bancos parceiros oficiais da Secretaria, a cartilha apresenta soluções oferecidas por bancos privados, cooperativas de crédito e fintechs que atendem ao setor no estado de São Paulo.

Todas as soluções de crédito mostradas na cartilha permitem acesso digital e online, sem necessidade de deslocamentos presenciais até uma loja ou unidade física. A análise dos pedidos de crédito é feita exclusivamente pelas instituições financeiras. A DesenvolveSP financia desde Microempresas até empresas de Grande Porte, passando
pelas Pequenas e Médias empresas – a exceção fica para as MEIs que não são cobertas pelo programa.

Após acessar o site do programa e preencher um formulário on-line, o gestor da empresa envia o documento automaticamente para os bancos parceiros e para a Setur, que monitora toda a transação. Dúvidas podem ser encaminhadas para [email protected]

A cartilha, que pode ser baixada neste link, ensina o passo a passo para solicitação de crédito da: Desenvolve SP, Banco do Povo, Banco do Brasil, Caixa Econômica, BNDES, Itaú, Bradesco, Santander, Sicredi, Sicoob, Nubank, Original, Inter, Creditas e Neon.

Deixe uma resposta