Turismo paulista lança plataforma com boas práticas para enfrentar a pandemia

turismo paulista

A Secretaria de Turismo de São Paulo (Setur) lançou nesta quarta-feira (7) uma plataforma eletrônica de boas práticas para auxiliar os prefeitos paulistas a encontrar soluções para enfrentar a crise imposta pela pandemia. A ideia é que a ferramenta colaborativa ajude a compor um catálogo de experiências bem-sucedidas e possa ser replicada por gestores públicos em todo o estado.

“Os desafios são comuns a boa parte dos municípios, de modo que a solução de um pode também ser também a do outro”, disse o secretário Vinicius Lummertz. “É por isso que a troca de boas experiências é uma forma de abreviar o caminho para a recuperação econômica do nosso setor”, completou.

As iniciativas estão agrupadas por temas e o primeiro projeto disponível é o Viva Rua SP, que traz dicas práticas sobre como aproveitar melhor o espaço público e potencializar atividades econômicas relacionadas ao Turismo. Na descrição, há desde detalhes da implementação jurídica do modelo, sugestões de ferramentas administrativas e o passo a passo da modelagem para diferentes perfis de municípios.

Na aba direcionada a estratégias para gestão de crise, é possível conferir as ações realizadas por cinco municípios paulistas para apoiar a população e os empresários do ramo. Brotas, por exemplo, decretou a prorrogação do pagamento de parcelas do IPTU, ISS e ISSQN e proibiu o corte de água para consumidores inadimplentes. Águas de Lindoia, Caraguatatuba e Holambra também criaram alternativas para prorrogar o pagamento de alguns tributos, enquanto Ilha Comprida criou o Festival Gastronômico Online Mesa Caiçara que propõe valorização da gastronomia local, divulgação nas redes sociais e entregas por delivery. 

Uma sondagem prévia com os municípios já revelou práticas de sucesso com potencial de serem replicadas, como o auxílio financeiro a trabalhadores do turismo, a manutenção do fornecimento de gás, água ou eletricidade a inadimplentes, além de programas especiais de crédito.

Deixe uma resposta