Turismo reforça qualificação profissional para jogos olímpicos

Por: Caio Salles

O Ministério do Turismo vai intensificar o treinamento de profissionais da cadeia produtiva do setor para suprir as necessidades de qualificação para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016. Serão 52 cursos relacionados a segmentos como hotelaria, agências de viagens, gastronomia, segurança, entre outros. Entre as cidades beneficiadas, neste segundo semestre, pelo Programa Pronatec Turismo, estão o Rio de Janeiro, sede da Olimpíada, e as cinco cidades que receberão partidas de futebol durante o evento.


“A qualificação profissional é importante tanto para aqueles que já estão empregados, quanto para aqueles que buscam oportunidades no setor do turismo”, disse o ministro Henrique Eduardo Alves. Para ele, a melhoria na qualidade dos serviços “é essencial para aumentar a competividade do Brasil, além de ser um legado que os grandes eventos esportivos deixam para o país”. No último ano, com a Copa do Mundo, o Pronatec Turismo qualificou cerca de 103 mil alunos.


O primeiro acordo de cooperação da nova fase do programa, realizado em parceria com o Ministério da Educação, foi assinado pelo MTur com a Prefeitura de Formosa (GO).


Além das cidades diretamente envolvidas com os jogos olímpicos, o programa beneficiará também 81 municípios localizados no entorno de Parques Nacionais, que podem atrair visitantes brasileiros e estrangeiros durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Trata-se de uma ação para estruturar e valorizar essas unidades de conservação como atrativos turísticos, criando condições e oportunidades de emprego para as comunidades locais.


No total, serão atendidos 214 municípios de todas as regiões do país, 90 a mais do que os beneficiados no esforço de qualificação para a Copa do Mundo. Até o final de 2015, serão oferecidas vagas de cursos profissionalizantes nas quatro modalidades do programa: cidadão, na empresa, social e desenvolvimento local. Cada uma delas, direcionadas para públicos específicos tais como jovens em busca do primeiro emprego, profissionais e empreendedores do setor de turismo.




CS

Deixe uma resposta