Turismo Sustentável no Brasil é abordado por Embratur em Alagoas

A discussão a respeito do Turismo Sustentável aconteceu durante a abertura do II Seminário Nacional de Governança para o Turismo, em Maragogi
Gilson Machado Neto, presidente Embratur
Gilson Machado Neto, presidente Embratur

A prática do Turismo Sustentável ganhou destaque na fala de Gilson Machado Neto, presidente da Embratur nesta sexta-feira (11). “É preciso destravar processos burocráticos que impedem o investimento no país”, afirmou durante a abertura do II Seminário Nacional de Governança para o Turismo.

O evento, que neste ano quer debater o desenvolvimento do Turismo Sustentável dos municípios da região, contou com a presença do executivo. Em sua apresentação, Machado destacou a nova política de incentivo ao turismo no Brasil.


LEIA MAISEmbratur e Azul acertam criação de voo Buenos Aires-Recife para 2020Embratur participa de feira de turismo de aventura na SuéciaEmbratur afunda navios na costa de Tamandaré (PE); entenda

“O Governo Federal dará todo apoio necessário para que empreendedores nacionais e internacionais invistam em hotéis, pousadas e demais empreendimentos na área do Turismo”, garante.

“O presidente Jair Bolsonaro determinou incentivo ao Turismo e, por isso, mudaremos a política burocrática que criou um emaranhado de licenças”, disse o presidente do órgão turístico.

Mudanças

Gilson Machado confirmou a transformação da Embratur em agência, a partir de 6 de novembro, que acontecerá em forma de Medida Provisória (MP). Ele explica que isso trará mais recursos financeiros para ações de Marketing do Brasil no exterior.

“Com a transformação, passaremos de seis milhões para 12 milhões o número anual de turistas”, crava.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui