Turista de Búzios pode ser locomover de aquataxi

Por: Camila Oliveira

Búzios oferece ao turista uma opção inusitada para conhecer suas 23 praias: o serviço de táxi marítimo. São pequenas embarcações que partem da praia do Canto e vão para as praias vizinhas, como a dos Ossos, a Azeda, a Azedinha, a de João Fernandes e a Tartaruga. Para ir de uma praia a outra os preços variam entre R$ 5 e R$ 10.

A península fluminense é o quinto destino mais visitado por estrangeiros no Brasil a lazer, segundo a pesquisa de Demanda Turística Internacional do Ministério do Turismo. Cerca de 8% dos turistas estrangeiros que vêm ao Brasil passam pelo destino. No município é comum ouvir pelas ruas e praias o castelhano, língua falada pelos turistas mais frequentes, argentinos (67%), chilenos (17%) e uruguaios (5%).

O balneário, a 170 km da capital do Rio de Janeiro, têm a água transparente e um azul cristalino, com praias curtas, de faixa de areia estreita ou mais extensas, como Geribá e Tucuns, onde é possível praticar surf, stand up paddle, vela e kitesurf. De um lado da península as águas são mais frias por conta corrente marítima que vem do Polo Sul e do outro lado as águas são mais quentes.

O reduto ecológico também é indicado para a prática de mergulho, com destaque para as praias de João Fernandes, João Fernandinho, do Forno, Azeda e Azedinha. Toda a costa de Búzios é rica em vida marinha, por conta das correntes oceânicas geladas vindas da Antártica e que trazem ricos nutrientes. Atrás deles chegam peixes grandes como a garoupa, o mero e a arraia gigante. Frades, anchovas, barracudas e até tartarugas verdes também podem ser avistadas, além de muitos corais.

Para passear ou experimentar a culinária local, os turistas podem visitar a Rua das Pedras, onde se concentram os restaurantes, os bares e as lojas. Para apreciar o pôr do sol indica-se o Cais do Porto, que também dispõem de restaurantes e galerias.

CO

Deixe uma resposta