Turkish Airlines tem lucro de 161 milhões de dólares no primeiro trimestre

O período registrou ainda crescimento de 10% em relação à 2019, com receita total de 3.1 bilhões de dólares

Turkish Airlines
Foto - divulgação/Turkish Airlines

A companhia aérea turca, Turkish Airlines, terminou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de 161 milhões de dólares e forte recuperação da demanda. O lucro real do período foi de 163 milhões de dólares, apesar da crise sanitária e da crescente tensão geopolítica.

Com um aumento de 10% em relação ao ano de 2019, a receita total da empresa foi de 3,1 bilhões de dólares. Desse total, 32% são referentes aos serviços de carga oferecidos pela companhia, com a Turkish Cargo, que registrou aumento de 141% em relação ao mesmo período em 2019.

Apesar do aumento dos preços do petróleo, a companhia aérea registrou lucro líquido ao reduzir despesas totais em 2%, também em comparação com o ano de 2019.  Como resultado, o Ebitar (sigla em inglês para lucro antes de juros), impostos, amortização e aluguel-, que indica o potencial de geração de caixa da empresa, foi de 710 milhões de dólares, um aumento de 98% em relação ao mesmo período de 2019. A margem Ebitar aumentou 10,3 pontos em relação ao ano passado e passou para 23,3%.

Durante o primeiro trimestre de 2022, a companhia atingiu 91% da taxa de ocupação de 2019. A Turkish Airlines transportou um total de 12,7 milhões passageiros, com taxa de ocupação de 83,6% em voos domésticos e taxa de ocupação de 68,6% em voos internacionais.

Como líder da Europa, em termos de voos operados durante 2021, a Turkish Airlines manteve sua posição de liderança durante o primeiro trimestre de 2022 entre as operadoras de rede europeias. Durante a pandemia, a transportadora global tornou-se a quinta maior transportadora de carga aérea do mundo, de acordo com dados de fevereiro de 2022. 

Deixe uma resposta