TZ Viagens registra crescimento de 177% no faturamento

Já no quesito ticket médio por passageiro foi registrado alta de 38%, somando um gasto médio de R$ 7.323,15, por pessoa

Paulo Manuel, CEO da TZ VIAGENS
Paulo Manuel, CEO da TZ Viagens

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) o setor de turismo, que deve encerrar o ano com alta de 2,8%, em relação ao ano passado. A análise da Confederação é feita com base no cruzamento de informações disponibilizadas pela Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), considerando o potencial mensal de geração de receitas do setor.

Para a TZ Viagens houve um crescimento no faturamento da rede em 177%, se comparado ao primeiro semestre de 2022, com o mesmo período do ano passado. Já no quesito ticket médio por passageiro foi registrado alta de 38%, somando um gasto médio de R$ 7.323,15, por pessoa.

Para Paulo Manuel, CEO da TZ Viagens, mesmo com algumas regras rígidas ainda vigorando para o turismo pós-pandemia, o setor tem apresentado um aquecimento, aspecto que anima quem sofreu durante os últimos dois anos.

”Estou muito otimista para o segundo semestre. Notamos que hoje os clientes estão muito mais conscientes da importância de viajarem com segurança e de contarem com a assistência de uma agência de viagens em todos os momentos. Além disso, entendemos que a vontade de viajar está em alta e depois de todas as restrições que vivemos sentimos  que as pessoas estão priorizando a realização dos seus sonhos de viagem”,  conta.


Leia também: TZ Viagens oferece franquia a partir de R$ 6,7 mil

Deixe uma resposta