U.S. Travel elogia compromisso de Obama e Dilma para facilitar as viagens

Por: Fernando Porto

O presidente e CEO da U.S. Travel Association, Roger Dow, emitiu uma declaração sobre o comunicado conjunto do presidente dos EUA, Barack Obama, e da presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que renovaram o compromisso de ampliar a isenção de visto entre os dois países. O documento conjunto dos dois governos foi divulgado após a visita oficial da presidente aos Estados Unidos para tratar do relacionamento entre os dois países em assuntos de natureza bilateral, regional e multilateral. “Estamos satisfeitos que o presidente Obama e a presidente Dilma Rousseff já tenham renovado seu compromisso de expansão do Visa Waiver Program (VWP) para o Brasil e os aplaudimos por definirem um cronograma para incluir o Brasil no programa Global Entry. Admitindo o Brasil para ambos os programas reforçaria a segurança, e ao mesmo tempo geraria níveis recordes de viagens recíprocos e impactaria positivamente na economia de ambos os países.”

 

E prosseguiu o dirigente: “O Brasil representa um mercado de viagens fundamental, com forte demanda e meios financeiros para viagens internacionais. Expandindo o VWP para o Brasil, seriam acrescentados quase 650 mil novos visitantes para os EUA, aumentando a visitação total para mais de 3 milhões em 2015. E mais visitantes internacionais equivalem a mais empregos para americanos e benefícios econômicos imediatos. Admitindo Brasil no VWP também melhoraria a segurança nacional com aprimoramentos de segurança obrigatórios tais como a pré-triagem individual de viajantes,  o maior compartilhamento de informações, parcerias reforçadas com os serviços de inteligência e passaportes mais seguros.”

 

“A U.S. Travel defende há muito tempo a expansão dos programas VWP e Global Entry para o Brasil. Enquanto a discussão desta semana de expandir esses programas é um passo na direção certa, continuaremos a estimular os governos de ambos os países a tomarem passos definitivos na promoção de entrada do Brasil no VWP e Global Entry. Especificamente exortamos ambos os governos a continuarem avançando os debates em torno do VWP. reunindo-se regularmente e criando parâmetros de referência para o cumprimento dos requisitos do programa”, concluiu Roger Dow.

Sobre o assunto, o comunicado conjunto do presidente Barack Obama e da presidenta DilmaRousseff, divulgado simultaneamente nos sites da Casa Branca e do Ministério das Relações Exteriores, destaca: “Os presidentes revisaram a implementação de medidas para facilitar o fluxo de turistas e executivos entre os dois países. Comprometeram-se a trabalhar em estreita colaboração para atender aos requisitos do Programa de Dispensa de Vistos dos Estados Unidos e da legislação brasileira aplicável, de maneira a possibilitar que cidadãos dos EUA e do Brasil viajem entre os dois países sem necessitar de visto. Discutiram o programa-piloto ‘Global Entry’ e elogiaram os esforços de ambos os Governos para facilitar viagens, para o benefício de seus respectivos cidadãos. O presidente Obama recordou sua instrução de que seja acelerada em 40%, nesse ano, a capacidade dos Estados Unidos de processar vistos no Brasil, bem como o recente anúncio do Departamento de Estado de sua intenção de abrir novos consulados em Belo Horizonte e Porto Alegre.”

A íntegra do comunicado conjunto de Obama e Dilma pode ser acessado no link:

https://www.whitehouse.gov/the-press-office/2015/06/30/joint-communique-president-barack-obama-and-president-dilma-rousseff

 

FP

Deixe uma resposta