Ucrânia quer Chernobyl na rota de turistas internacionais; confira

A procura por visitas à cidade abandona de Chernobyl saltaram desde a estreia da mini-série da HBO em maio deste ano
Monumento em frente a antiga usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia
Monumento em frente a antiga usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia

A Ucrânia quer mais turistas visitando Chernobyl. O presidente do país, Volodymyr Zelenskiy, decretou a criação de mais rotas turísticas para melhorar o acesso e tornar a área, centro de um acidente em uma usina nuclear em 1986, um chamariz de turistas.

O governo ucraniano, em parceria com outros países europeus, concluiu a construção de uma cúpula de metal envolvendo o reator nuclear que explodiu há 33 anos, espalhando radiação por diversos países, isolando o local e evitando que se espalhasse mais.

os planos para incentivar o turismo em Chernobyl previstos pelo presidente Zelenskiy incluem ainda a criação de um “corredor verde” no entorno da usina nuclear que foi o epicentro do acidente, além de aprimorar o sinal de telefonia para os usuários acessarem as redes sociais.

A doma de metal que envolve o reator 4 que explodiu e causou o desastre de Chernobyl
A doma de metal que envolve o reator 4 que explodiu e causou o desastre de Chernobyl

A passagem de grupos de turistas em certas áreas de Chernobyl não é novidade. Algumas empresas realizam tours nas regiões próximas e na vila abandonada de Pripyat, que permanece contaminada de radiação.

Essa movimentação de turistas, de acordo com o líder ucraniano, gera atividades clandestinas como subornos para oficiais permitirem visitações em área fechadas ou coletas de metal e outros materiais no local.

“Vamos, finalmente, parar de afugentar os turistas e tornar a zona de exclusão em um ímã turístico, tornando-a uma terra de liberdade que se tornará o símbolo da nova Ucrânia, sem corrupção e sem proibições desnecessárias”, afirmou o presidente Zelenskiy.


Leia Também:

Setur-RN apresenta potencial turístico do estado para chineses
Road Show “Isto é Mato Grosso do Sul” passa por cinco cidades de SP
Municípios amazonenses são contemplados com ação Investe Turismo

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui