Uma grande perda para o jornalismo de turismo

Dirceu Ezequiel de Azevedo faleceu ontem, no Rio de Janeiro (RJ)

0

Faleceu ontem (28), aos 89 anos, no Rio de Janeiro, Dirceu Ezequiel de Azevedo. Jornalista, ex-presidente nacional da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet), colunista e representante do Brasilturis Jornal por mais de 30 anos. Horácio Neves, fundador e antigo editor do título, lamentou profundamente o ocorrido. Ana Carolina Melo, atual sócia-proprietária da publicação, trabalhou ao lado do profissional que considera como uma lenda viva do jornalismo.

dirceu ezequielAtuou também como editor de Turismo no Jornal do Commercio do Rio de Janeiro, foi conselheiro da CNC, assessor de imprensa do Hotel Glória e do Sindetur-RJ. Tem, entre suas inúmeras conquistas, a criação do Prêmio Imprensa de Turismo (PIT). Marcos Araújo, diretor de Negócios do Brasilturis Jornal, esteve em contato com o jornalista nos últimos meses. “Dirceu foi um dos professores em minha trajetória, convivemos por mais de 20 anos e acompanhei os momentos difíceis pelos quais ele passou nos últimos anos. É uma perda para o jornalismo do turismo e  também de um amigo”, comentou.

Claudio Magnavita, ex-secretario de turismo do Rio e ex-presidente da Abrajet, foi uma presença importante nos últimos dias do profissional, prestando auxílio com a internação e com os trâmites burocráticos, já que Azevedo não tinha parentes diretos. “Dirceu sempre foi um homem à frente do seu tempo. Uma das suas marcas era a cordialidade e promoção da agenda do bem! O jornalismo de turismo perde muito com a sua partida, mas ele parte com o sentimento de dever cumprido. Solicito aos colegas que sejam feitas homenagens e um minuto de silêncio nos eventos e na reunião do Conselho. Pedimos orações neste momento de luto da nossa entidade”, sugeriu Magnavita à diretoria da Abrajet, cujos membros estão reunidos para o congresso anual.

Caio Carvalho, professor da Fundação Getúlio Vargas e ex-presidente da SPTuris, também lamentou essa grande perda para o jornalismo de turismo brasileiro. “Idealista , sonhador incansável sempre abraçando as boas causas do setor. Jornalista correto com muita história no turismo nacional. Que descanse em paz”, escreveu.

“Dirceu foi um ícone do jornalismo turístico, passando pelo Brasilturis, Jornal do Commercio, Hotel Glória, a criação do Prêmio Imprensa do Turismo. Passou por nós… não foi só… Não nos deixou sós… Deixa um pouco de si … E leva um pouco nós”, disse Guilherme Paulus, membro do Conselho da CVC Corp e presidente da GJP Hotels & Resorts.

Ex-colaboradores e a atual equipe do Brasilturis Jornal estão de luto. Nossa promessa é manter vivo o legado de Dirceu Ezequiel de Azevedo, apoiando sua memória e compactuando dos valores que sempre guiaram sua vida profissional.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here