United anuncia lucros do quarto trimestre e de todo o ano de 2014

Por: Chris Flores

A United Airlines anunciou hoje, dia 2, o lucro líquido de US$ 1,97 bilhões de todo o ano de 2014, um aumento de 89% ano a ano, ou US$ 5,06 por ação diluída, excluindo US$ 834 milhões de itens especiais. Com estes itens incluídos, a United reporta um lucro líquido anual de US$ 1,13 bilhões, ou US$ 2,93 por ação diluída. Sobre o quarto trimestre, o lucro líquido anunciado foi de US$ 461 milhões, um aumento de 86% ano a ano, ou US$ 1,20 por ação diluída, excluindo US$ 433 milhões de itens especiais. Com os itens especiais, o lucro real divulgado pela United foi de US$ 28 milhões no quarto trimestre de 2014, ou US$0,07 por ação diluída.

 

– UAL ganhou 12,9% de retorno sobre o capital investido em 2014.

– A receita consolidada da United de passageiros por milhas de assento disponível (Prasm) aumentou 1,6% em todo o ano de 2014 em comparação com todo o ano de 2013.

– Os custos unitários consolidados de todo o ano de 2014 (Casm), excluindo os encargos especiais, despesas de negócios de terceiros, combustível e compartilhamento, tiveram um aumento de 1,3% ano a ano com um aumento de capacidade consolidada de 0,3%. O Casm de todo o ano de 2014, incluindo esses itens, diminuiu 1,6% ano a ano.

– Em 2014, a United retornou aproximadamente US$ 320 milhões aos acionistas como parte de seu programa de recompra de ações de US$ 1 bilhão anunciado anteriormente. Além disso, durante todo o ano, a United gastou US$ 310 milhões para eliminar dívidas convertíveis que eram proporcionais a cerca de 5,8 milhões em ações ordinárias da UAL.

– Os funcionários ganharam US$ 235 milhões em participação nos lucros para todo o ano de 2014, que será distribuído no dia 13 deste mês.

– A United encerrou o ano com US $ 5,7 bilhões em liquidez sem restrição.

 

“Graças ao bom trabalho da equipe da United, nós reportamos um lucro de US$ 2 bilhões para 2014, sem os itens especiais. Estamos iniciando o ano de 2015 como a melhor companhia aérea, e esperamos gerar resultados muito melhores. Estou animado sobre o que faremos este ano para melhorar nossas operações, nossos produtos e o nosso setor de atendimento ao cliente, com foco no crescimento de nossos lucros e margens principais. Para o primeiro trimestre, esperamos que nossa margem de lucro antes do pagamento de impostos possa estar entre 5 e 7%, excluindo itens especiais, declarou o presidente e diretor executivo da United, Jeff Smisek.


Capacidade e receita do quarto trimestre

 

Para o quarto trimestre de 2014, a receita total foi de US$ 9,3 bilhões, um decréscimo de 0,2% ano a ano. A receita consolidada de passageiros do quarto trimestre aumentou 1,3% para US$ 8,1 bilhões, em comparação ao mesmo período em 2013. No quarto trimestre, as receitas complementares por passageiro aumentaram 9,7% ano a ano para mais de US$22 por passageiro. A receita de carga do quarto trimestre cresceu 18,2% para US$ 260 milhões, impulsionado por maiores volumes de ano a ano, devido à recuperação do tráfego de carga em relação ao ano anterior. Outras receitas do quarto trimestre diminuíram 14,3% ano a ano para US $ 970 milhões, principalmente devido à escolha da empresa de interromper o contrato de venda de combustível a terceiros. O declínio de despesa correspondente aparece na despesa de negócio de terceiros.

 

A receita consolidada de milhas por passageiros aumentou 0,1% e a receita consolidada por milhas de assento disponível aumentou 0,9% ano a ano para o quarto trimestre, resultando em uma taxa de ocupação de 81,7%. O Prasm consolidado do quarto trimestre de 2014 aumentou 0,4% e o retorno consolidado (yield) aumentou 1,3% em relação ao quarto trimestre de 2013. 


Custos do quarto trimestre

 

O Casm consolidado do quarto trimestre, excluindo encargos especiais, despesa comercial de terceiros, combustível e participação nos lucros, obteve um aumento de 1,2% em relação ao quarto trimestre de 2013. O Casm consolidado do quarto trimestre, incluindo estes itens, diminuiu 5,3%. O total de despesas operacionais do quarto trimestre, excluindo os encargos especiais, diminuiu US$ 420 milhões ou 4,7%, ano a ano. Incluindo encargos especiais, o total das despesas operacionais diminuiu US$ 406 milhões, ou 4,5%, no quarto trimestre em relação ao mesmo período de 2013.


Liquidez e fluxo de caixa do quarto trimestre

 

A United encerrou o quarto trimestre com US$ 5,7 bilhões em liquidez sem restrições, incluindo US$ 1,35 bilhões de compromissos não utilizados sob sua facilidade de crédito rotativo. Durante o quarto trimestre, a empresa teve gastos de capital bruto de US$ 1 bilhão, excluindo os projetos totalmente reembolsáveis. A empresa fez a dívida e os principais pagamentos de locação de capital de US$ 534 milhões no quarto trimestre, incluindo o pagamento antecipado de US$ 248 milhões de dívida convertível que foi conversível em cerca de 4,3 milhões de ações ordinárias da United.

 

Como parte do programa de recompra de ações de US$ 1 bilhão da United, a companhia gastou aproximadamente US$ 100 milhões na recompra de ações no quarto trimestre. Para o ano, a United retornou um total de aproximadamente US$ 320 milhões aos acionistas através do compartilhamento de recompras e transações de mercado aberto. Além disso, para o ano a empresa gastou US $ 310 milhões para eliminar débitos convertíveis que eram conversíveis em aproximadamente 5,8 milhões de ações.

 

Para os 12 meses que encerraram no dia 31 de dezembro de 2014, o retorno da empresa sobre o capital investido foi de 12,9%.

 

“Em 2014, fizemos progressos significativos em direção a criação de valor a longo prazo para nossos investidores, proporcionando uma melhor experiência para nossos clientes. Nosso sólido desempenho de gasto em 2014 foi impulsionado pela execução de iniciativas eficientes em nossa Qualidade de Projeto. Com o aperfeiçoamento das nossas iniciativas de custo ao longo de 2015, prevemos que o Casm consolidado de 2015, excluindo combustível e despesas de negócios de terceiros, será praticamente o mesmo”, disse o vice-presidente executivo e diretor financeiro da United, John Rainey.

 

 

CF

 

Deixe uma resposta