Valle Nevado atrai turistas no alto inverno

O Valle Nevado atrai grande parte dos visitantes no auge do inverno, quando as montanhas estão cobertas de neve e permitem a prática de esportes como esqui e snowboard. A abertura oficial da temporada acontece na última semana de junho e se encerra na última semana de setembro.

Época de vender

O dia exato varia a cada ano. É nesse período que todas as hospedagens, restaurantes e instalações estão abertas para receber os turistas e esportistas.  Dentro do período de temporada, há variação de preços nas hospedagens. No início e no final do período, a permanência na estação é mais barata. Tal fato se deve ao risco de não haver neve com tanta qualidade para a prática dos esportes de inverno. Caso não haja neve, a estação permite o cancelamento das reservas.
A depender da quantidade de neve durante o inverno, as pistas para prática de esportes podem ser abertas antes e fechar após a temporada oficial. Entretanto, nem todos os serviços, como hospedagens e restaurantes, estarão em funcionamento. Grande parte da estação funciona apenas na temporada oficial, independente da neve. Fora da temporada, nenhum dos hotéis oferece hospedagem.
Com o derreter da neve, a partir do início de outubro, a Cordilheira dos Andes ganha um visual bem diferente e em nada lembra uma estação de esqui. A área passa a sediar competições de esportes de aventura, como mountain bike, e permite que os visitantes pratiquem atividades como hiking e cavalgadas. O teleférico permanece aberto durante todo o ano e é possível fechar pacotes de passeio com almoço. Com sorte, mesmo fora da temporada oficial, será possível ver neve. Tudo depende da natureza. Consulte o site oficial do Valle Nevado para ver, em tempo real, as condições da montanha e para saber a data exata da temporada deste ano.

O que fazer:

O impacto ao avistar a Cordilheira dos Andes coberta de neve pode causar alguns minutos de falta de ar. Superado o choque ao se deparar com a estonteante paisagem, é hora de começar a curtir o Valle Nevado. A experiência será diferente entre os que pretendem se hospedar na estação de esqui e os turistas que visitam o local apenas para passar um dia. Há quem procure por esportes de inverno, outros querem apenas uma experiência divertida na neve. Seja qual for a sua maneira de curtir o Valle Nevado, a certeza é de passar momentos maravilhosos em meio às montanhas.

Muitos turistas brasileiros aproveitam a viagem a Santiago para também conhecer a neve. Paisagens desenhadas pelas fofas e gélidas camadas brancas são raríssimas no Brasil e o Valle Nevado é bastante acessível para quem deseja ter essa experiência. Por isso, curta a viagem, mesmo que seja por algumas horas apenas. Se estiver na capital chilena entre os meses de junho e outubro (veja mais em quando ir ao Valle Nevado), avalie seriamente a possibilidade de se divertir entre bonecos e anjos de neve. Sem vergonha de ser feliz! Você não será julgado ao dar várias gargalhadas entre guerras de bolas de neve ou mesmo ao tentar construir um iglu (sim, é possível). Aproveite cada visual incrível e faça muitas fotos!
Quem optar por passar apenas o dia no Valle Nevado irá se divertir independente de praticar esportes de inverno. O passeio começa pela Curva 17, espaço preparado para receber os visitantes não-hóspedes. No local, há uma boa infraestrutura para os turistas, com lojinha, opções de lanches, guichê para compra de tíquetes para as pistas, aluguel de equipamento e acesso ao teleférico de cabine fechada. Chamado de “gôndola”, ele é o único que permite a circulação de pessoas sem o esqui ou snowboard. O trajeto do teleférico passa sobre as pistas e tem como ponto final o bar Bajo Zero-ótimo para curtir um chocolate quente ou tomar uma cerveja rodeado pela neve e pelos esportistas que cruzam as montanhas em alta velocidade. É o lugar certo para tomar coragem, fazer uma aula e se aventurar nas pistas.

Ao voltar do teleférico, não deixe de subir até a área dos hotéis, onde estão os restaurantes do Valle Nevado. Um ônibus sai a cada 15 minutos da Curva 17 e deixa os visitantes no complexo hoteleiro. Escolha entre os variados menus, com especialidades que vão da culinária italiana ao clássico fondue de queijo. O custo médio de uma refeição é de CLP 25.000 (USD 40). Será difícil resistir a uma taça de vinho com vista para a Cordilheira dos Andes. Do alto das varandas, você poderá curtir o final de tarde e ver o pôr do sol. É importante ter em mente que os restaurantes só funcionam plenamente enquanto a estação está aberta, durante a temporada de inverno. Após esse período, somente o Bar Lounge permanece aberto.

O acesso ao Valle Nevado é gratuito, porém há custos para chegar lá. Não é recomendável fazer o trajeto por conta própria, especialmente no inverno, quando há risco de nevascas e a estrada se torna muito perigosa. Localizado a 3.200 m, o Valle Nevado é acessível por uma estrada bastante sinuosa. Será necessário contratar um serviço de transfer ou uma agência de turismo para o passeio. Há opções de transporte, privado ou em grupo, que saem de Santiago e levam até o Valle. Muitos oferecem pacotes com refeição e tíquetes para as pistas.

Apesar da visita bate e volta ser bastante comum, a maioria dos turistas procura o Valle Nevado para a prática de esqui e snowboard. As 39 pistas disponíveis fazem a felicidade dos fãs de esportes de inverno, sejam eles esquiadores de primeira viagem ou profissionais em busca de aperfeiçoamento. Mesmo quem não é expert nas modalidades poderá aproveitar bem as pistas. Aulas particulares e coletivas estão disponíveis para iniciantes e atletas experientes, assim como o aluguel de equipamentos e roupas. Vista-se de coragem e corra para as pistas. Não perca a sensação de descer em alta velocidade as montanhas cobertas de neve.

Os hóspedes dos hotéis contam ainda com outras atividades além da prática de esportes. Que tal a deliciosa piscina aquecida ao ar livre? Com vista para a Cordilheira, ela é ideal para relaxar. Para melhorar, um pequeno bar é montado à beira da piscina e os hóspedes contam com drinks e música, transformando o momento em uma deliciosa festa entre os esquiadores. No final de tarde, também acontece o Après Ski, uma espécie de happy hour com comidinhas e bebidas para repor a energia do dia de treino. O evento está disponível para todos os hóspedes dos hotéis. Enquanto no hotel quentinho são servidos vinho, chocolate quente e sopas, do lado de fora, quem reina é o maravilhoso pôr do sol na Cordilheira dos Andes. Os hotéis oferecem ainda serviço de fitness center e spa. Tudo para tornar a estada dos hóspedes ainda mais feliz.

Com a chegada da noite e fechamento das pistas, as atenções dos esquiadores se voltam para os restaurantes. O jantar faz parte de todos os pacotes dos hotéis. Aproveite para se deliciar com um pouco da culinária chilena ou internacional. Para fechar a noite, tome uns drinks nos bares dos hotéis ou encare uma cantoria no karaokê do Pub Tres Puntas. O bar recebe os esquiadores que ainda têm energia para aproveitar a noite.

Fora da temporada de inverno
O Valle Nevado Ski Resort funciona plenamente da última semana de junho até a última semana de setembro, no auge da temporada de inverno do Chile e quando há neve na estação. Fora de temporada, os hotéis fecham as portas, assim como quase todos os restaurantes (permanece aberto apenas o Bar Lounge). As pistas de esqui se mantêm abertas enquanto há neve suficiente. Depois do degelo, as belezas naturais do lugar permanecem e você ainda poderá curtir a estação.
Fora da temporada de inverno, o Valle Nevado oferece passeios panorâmicos com belas paisagens, cavalgadas nas montanhas, trekking, hiking, competições de mountain bike e escalada, além do passeio de gôndola. E se você der sorte de pegar a Cordilheira com um pouquinho de neve, poderá também se aventurar em uma caminhada com raquetes de neve. Independente da época do ano, a visita ao Valle sempre reserva belas paisagens. Aproveite a vista do restaurante Bar Lounge e brinde às belezas do Chile.

Deixe uma resposta