Valle Nevado encerra temporada com balanço positivo

Por: Rafael Lima

O Valle Nevado Ski Resort, localizado a 35 quilômetros de Santiago, não somente abriu suas portas mais cedo em 2013 (07 de junho), como também foi o centro invernal que fechou mais tarde, em 06 de outubro, permitindo uma temporada com 122 dias. A maior estação de esqui da América do Sul recebeu cerca de 280 mil visitas. “Um crescimento de 20% em relação à temporada anterior, demonstrando sua liderança e sua posição tanto em nível nacional quanto mundial”, disse Ricardo Almeida, diretor comercial e de desenvolvimento de Valle Nevado.

 

Alguns números chamam a atenção, como os 46 mil pernoites nos três hotéis da estação, abertos entre 28 de junho e 29 de setembro, os 150 mil tíquetes vendidos para as atividades de neve, e os 84 mil turistas que subiram ao Valle Nevado, desde Santiago, apenas para passar o dia e experimentar um dia de neve na Cordilheira, sem utilizar os hotéis ou as pistas. Além disso, foram ministradas 28 mil aulas de esqui e snowboard – nas 45 pistas da estação – e os 69 mil pedidos realizados em todos os restaurantes e bares do Ski Resort. O Ski Resort vem se firmando também como uma estação referência para atletas de alto rendimento. 8% dos turistas que passaram por lá são de seleções de esqui e snowboard da Europa e América do Norte.

 

Dentre os pernoites, os visitantes brasileiros foram os que mais lotaram os três hotéis de Valle Nevado; 65% do total. Os chilenos representaram 11%, os americanos 10% e os argentinos 8%. Visitantes de outras nacionalidades somaram 6%.

 

 

 O balanço positivo do Valle Nevado reflete dados do turismo chileno. De acordo com a Secretaria de Turismo do Chile (Sernatur), o número de turistas estrangeiros no país em 2012 foi de 3,5 milhões, sendo 385 mil do Brasil. Um crescimento de 14,3% com relação a 2011. Por ser um mercado potencial, o Valle Nevado investiu mais de US$ 750.000,00 em campanhas de marketing e publicidade em 2013 por aqui. Outra novidade no Valle Nevado este ano foi o conforto e a agilidade. “Com a inauguração do teleférico “La Góndola”, aprimoramos o acesso às nossas pistas e a receptividade na nova área de serviços”, finaliza Almeida. O investimento em infraestrutura foi de US$ 35 milhões.

 

RL

Divulgação
Divulgação

Deixe uma resposta