Viagens corporativas: 46% dos brasileiros devem retomar até começo de 2022

Em levantamento realizado pelo buscador de viagens, quase metade dos mil entrevistados esperar o retorno das viagens corporativas, no mínimo, até o início do próximo ano

Viagens corporativas

Quase metade dos viajantes corporativos espera voltar a viajar muito em breve. Uma pesquisa do Kayak mostra que as viagens corporativas retornarão até o fim deste ano para 23,9% dos entrevistados, enquanto 22,1% acreditam que isso acontece até o início de 2022. Ao todo, mil brasileiros foram ouvidos.

A pesquisa apontou ainda que, para quase 14% dos entrevistados, as viagens corporativas já voltaram. Outros 18,7% acreditam que elas devem voltar somente a partir do segundo semestre do próximo ano. A Kayak também mostra que 45,1% dos brasileiros gostariam de um emprego onde tenham a possibilidade de viajar.

Por fim, apesar do caráter de negócios do levantamento, o bleisure (mescla de lazer e negócios) é uma tendência para 42,8% dos turistas corporativos, que querem conhecer um novo lugar durante uma viagem a trabalho, além de ficar em um hotel (41,8%) e conhecer novas pessoas (38,3%).

Viagens corporativas: ações da Kayak

Em alinhamento com a perspectiva do retorno das viagens corporativas, o Kayak desenvolveu uma ferramenta específica.

O ‘Kayak For Business’ elenca as melhores tarifas e orienta os funcionários de empresas sobre horários mais baratos para reservar voos, gerencia automaticamente itinerários e criar relatórios de despesas. Isso é feito com dados dos diferentes buscadores do grupo e inteligência artificial.

“Quando as viagens pararam quase totalmente em 2020, isso nos deu uma pista inesperada para pensar sobre o futuro das viagens de negócios. Os viajantes de negócios e seus empregadores exigirão ainda mais flexibilidade, preços competitivos e maneiras fáceis de combinar negócios e lazer em um mundo pós-pandemia”, pontua Steve Hafner, CEO do Kayak.

Deixe uma resposta