Viajar na pandemia: atividades e atrativos no Transamérica Comandatuba

Muitas atividades precisaram ser interrompidas durante a pandemia, mas a gama de opções continua extensa e completa para os hóspedes que buscam diversão

Viajar na Pandemia
Antes das 7h, o sol já está no céu

Ilha de Comandatuba (BA) – Estar na Bahia, à beira do mar, exige que os viajantes guardem um dia – e às vezes até mais de um – para acordar mais cedo e apreciar o nascer do sol, que ocorre na direção à praia. O céu rosado vai ganhando tons de laranja e, junto ao mar, fazem uma sintonia artística que só o cenário baiano pode oferecer. E assim começamos o terceiro e dia da série “Viajar na Pandemia”, que já abordou check-in e alimentos e bebidas no Transamerica Comandatuba.

O dia pode ter começado contemplando o sol – e até com aquele mergulho no mar – mas é no café da manhã que os hóspedes adquirem a energia que precisam para aproveitar das diversas alternativas de serviços e atividades disponíveis no resort. Seja antes ou depois do café da manhã, muitos turistas não deixam de praticar suas atividades esportivas e, por isso, passam na academia do empreendimento.

E cuidar da saúde também envolve seguir recomendações sanitárias para que a segurança seja efetiva. Os aparelhos disponíveis no espaço já limpos e higienizados pelos colaboradores a cada quatro horas. Por sua vez, os hóspedes devem seguir algumas regras para que a propagação de covid-19, de fato, não ocorra. Isso inclui:

  • Limite de até quatro pessoas a cada dez metros quadrados
  • Distanciamento social de 1,5 metro
  • Utilização de garrafa de água própria
  • Limpeza e higienização dos equipamentos após o uso

Para quem gosta de atividades e experiências, há uma longa lista de coisas para fazer no resort, que vão além de curtir a piscina e a praia – o que por si só não é uma má ideia. Afinal, a piscina, por exemplo, conta com o teor suficiente de cloro para que não haja a propagação do vírus pelo espaço.

Mas que tal aproveitar de uma experiência aquática, como boia ou caiaque? Essas são poucas das opções que estão à disposição dos clientes e que, no geral, não exige reserva antecipada. Basta chegar e solicitar o seu passeio, curtindo, por exemplo, aquela volta de boia pelo canal que separa a Ilha de Comandatuba.

Se a ideia é ter uma aventura em quatro rodas, vale a pena fazer aquele passeio de buggy pela praia, conhecendo os 24 quilômetros de extensão da ilha e vendo as mais diversas curiosidades do destino, como o manguezal com a presença do siri amarelo. Claro que, durante o passeio, é possível realizar algumas fotos e dar aquele mergulho.

O resort ainda conta com uma grande lista de atividade e que deve voltar a funcionar quando a pandemia acabar, visto que muitas tiveram que ser interrompidas, como é o caso do squash, do uso das quadras de futebol e tênis e o arco e flecha. Ainda assim, os hóspedes terão muita coisa pra fazer. O espaço kids, por exemplo, também teve de ser suspenso e, espalhado por todo o resort, é possível encontrar alguns brinquedos, como nas salas de eventos, que não estão sendo utilizadas dadas a pausa no segmento.

E isso também inclui o spa. Localizado próximo ao píer e dos bangalôs, o espaço, que está atuando com horário reduzido – das 15h às 22h – oferece 12 tipos de massagens, que podem ser escolhidos pelos hospedes na hora de sua reserva por meio do Whatsapp dos concierge – (73) 99983-8735.

E não há porquê se preocupar. Estamos falando do espaço que é responsável justamente por relaxar os visitantes. A colaboradora responsável pela massagem está toda preparada com uso de avental descartável, luvas, propés, máscara e protetor facial. Com a vestimenta que o cenário pede, os clientes podem entrar na sala de massagem, deitar e deixar mãos hábeis relaxarem os músculos.

Um longo dia de atividade – que às vezes nem terminou – pede um encerramento esplêndido. Afinal, assistir o nascer do sol não é a única obra da natureza. Do píer é possível presenciar um pôr do sol tão exuberante quanto o nascer. Quem tiver oportunidade, pode presenciar o momento em diferentes dias, visto que os próprios colaboradores deixam claro que o cenário varia em tons de rosa, laranja e roxo.

Se for período de lua cheia, também vale a pena ficar esperto e esperar o astro aparecer no lado da praia. Segundo relatos, em período de lua cheia, é possível observar o gigante círculo saindo do mar em tons mais amarelos e ganhando a noite e se espelhando no mar. É algo que um texto, de fato, não conseguiria descrever. É caso de viver o momento! Confira o álbum abaixo:

Continue no Brasilturis Jornal e acompanhe o retorno para casa e entenda como é viajar na pandemia!

A reportagem viaja a convite do Transamerica Comandatuba


Deixe uma resposta