Vila de Paranapiacaba ganha roteiro turístico rodoviário

Ações fazem parte da nova etapa do programa Empreender no Turismo em Paranapiacaba, realizado pela Prefeitura de Santo André, em parceria com a CVC Corp e o Sebrae

Vila de Paranapiacaba. Foto: Almir Bonfim Jr
Foto: Almir Bonfim Jr

Quem quiser visitar Paranapiacaba, a vila inglesa construída no final do século XIX, terá, a partir de sábado (28), mais uma opção de passeio: um roteiro rodoviário com ponto de partida em São Paulo e parada em Santo André para embarque de passageiros. A novidade foi apresentada na sexta-feira (27) durante evento de inauguração do espaço comunitário de coworking e apresentação de ações da Prefeitura para incrementar o turismo na região.

As iniciativas fazem parte de uma nova etapa do programa Empreender no Turismo em Paranapiacaba, que é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Santo André, o Sebrae, a CVC Corp e a FIA (Fundação Instituto de Administração), com o objetivo de qualificar os serviços oferecidos no local e tornar a vila histórica referência de destino turístico.

O roteiro turístico “Expresso Rodoviário Paranapiacaba CVC” complementa a oferta da via férrea já existente. Com saída aos sábados e domingos da Estação da Luz (na saída para a Pinacoteca) – também com parada no hotel Go Inn, em Santo André –, o roteiro começa a ser comercializado em todas as lojas da CVC do Brasil a partir de 28 de maio, com primeira saída em 4 de junho.
O passeio, que dura o dia todo (das 8h às 17h), inclui acompanhamento de guia de turismo em todo o trajeto e apoio de guias locais da Vila para tour cultural pelos principais pontos de Paranapiacaba. O custo é a partir de R$ 145 por pessoa.

“Podemos atender até 200 pessoas por dia, aos finais de semana, com o Expresso Rodoviário, fomentando a atuação dos guias de turismo locais”, disse Márcio dos Anjos, diretor comercial da Aextour, empresa parceira da CVC em turismo receptivo em São Paulo, responsável pela operação do “Expresso Rodoviário Paranapiacaba”.

Para o secretário de Meio Ambiente, Fabio Picarelli, a criação desse roteiro e a parceria com a CVC são um marco muito importante. “Estamos trabalhando muito para aumentar e diversificar o público que visita Paranapiacaba, criando assim um fluxo diferenciado de visitantes nos museus, feiras, trilhas, restaurantes, ateliês, cafés e bares. Revitalizamos a Vila, resgatamos símbolos históricos, para valorizar o local, atrair investimentos e potencializar o turismo. Todos ganham, turistas e moradores”, disse.

Outro fruto da parceria da Prefeitura de Santo André com a CVC Corp é a inauguração de um espaço comunitário em formato coworking, em ambiente que já abriga os cursos de capacitação da Escola de Ouro Andreense, onde funcionava a antiga Padaria do Mendes.

O local foi reformado em parceria com a CVC Corp e, com apoio dos parceiros Eureka e Rivera, recebeu móveis para 22 estações de trabalho e espaços flexíveis para pequenas reuniões. A ideia é oferecer para os empreendedores da Vila, monitores e para a comunidade, um espaço qualificado para o trabalho e o recebimento de clientes.

“Os coworkings são uma tendência mundial. Neles, as pessoas acabam se relacionando e trocando experiências, desenvolvendo o senso de comunidade e aproveitando os espaços, que são flexíveis, o que é importante principalmente para os micro e pequenos empreendedores”, disse o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato.

O apoio da CVC Corp à Vila Paranapiacaba faz parte da estratégia de sustentabilidade do grupo, chamada REprograma CVC Corp, que completa um ano de atuação nesta semana e tem como objetivo, em um de seus pilares, apoiar destinos turísticos e comunidades no desenvolvimento do turismo sustentável. O projeto nasce como piloto que pode ser replicado pela CVC em outros destinos do Brasil.

“Paranapiacaba é um patrimônio histórico nacional que abriga acervo cultural, arquitetônico, industrial, tecnológico e ambiental. Tudo isso muito perto da capital paulista. É um destino com potencial em turismo regional, que permite experiências de natureza e históricas, mantendo seu clima bucólico próximo à capital”, diz Bruno Heleno, diretor de Sourcing Nacional da CVC Corp.

“Com o REprograma CVC Corp, temos o compromisso de evoluir em diversidade e sustentabilidade, começando pela sua gestão e, gradativamente, incentivar destinos e parceiros a incluírem a sustentabilidade também em seus processos. E considerando o eixo estratégico de regenerar destinos e comunidades, é muito simbólico dar início a esse objetivo por Paranapiacaba, que fica na cidade em que a CVC nasceu há 50 anos”, completa Paula Domingues, diretora de Gente e Sustentabilidade da CVC Corp.

A criação de um espaço para treinamento, capacitação e coworking está entre as metas do programa Empreender no Turismo em Paranapiacaba desde que foi criado, em 2019, com o objetivo de qualificar os serviços prestados na região e tornar a vila histórica uma referência de destino turístico, gerando mais emprego e renda para população local.

Entre as ações realizadas pelo programa estão, além da oferta de cursos de capacitação por meio da Escola de Ouro Andreense, a promoção do empreendedorismo para o morador de Paranapiacaba, o apoio para formalização de atividades, a diversificação da oferta de opções ao turista, como o lançamento do roteiro rodoviário, consultorias e networking para os empreendedores e divulgação dos atrativos e dos empreendimentos, com um portal de turismo.

Além destas duas ações que beneficiarão empreendedores e comunidade, a Prefeitura de Santo André também está lançando um pacote de ações para promover a retomada econômica da Vila, após o período de pandemia que atingiu o turismo de todo país.

Entre as ações está a criação do programa Amigos do Patrimônio, que promoverá a extensão universitária e a integração entre a academia e o poder público, com a oferta aos estudantes do ensino técnico e superior de oportunidade de projetos na área de arquitetura, engenharia e negócios na Vila. E também está a realização de pesquisas e diagnósticos, em parceria com a Strong Business School, com o objetivo de mapear o perfil do turista de Santo André e da Vila para aprimorar os serviços prestados.

Fazem parte do pacote de ações, ainda, a continuação do Programa de Requalificação da Vila com a realização de restauros, manutenções, serviços de zeladoria, instalação de câmeras de videomonitoramento, wifi, sinalização turística e outras estruturas que garantem o bem-estar do visitante. São mais de 17 milhões em obras já executadas pela Secretaria de Meio Ambiente.

A retomada dos programas de qualificação e formalização também faz parte do pacote, com a volta das agendas do Circuito Andreense de Empreendedorismo, opções de qualificação oferecidas pela Escola de Ouro Andreense e pelo Sebrae, e as oportunidades do programa Sebrae de Turismo, que oferece mais de 30 vagas em um programa estruturado para Guias e Monitores, Operadores turísticos, Pousadas e segmento de hotelaria, Entretenimento, Agências de viagens e outros ramos do turismo.

  • Convidados participaram do evento de inauguração na sexta (27). Foto: Almir Bonfim Jr
  • Bruno Heleno (CVC Corp), à frente; Paula Domingues (CVC Corp) e autoridades de Santo André:  Fabio Picarelli, Evandro Banzato, Vereador Zezão e Prefeito Paulo Serra. Foto: Almir Bonfim Jr
  • Espaço coworking Paranapiacaba. Foto: Almir Bonfim Jr
  • Espaço coworking Paranapiacaba. Foto: Almir Bonfim Jr

Leia também: CVC Viagens lança plataforma focada no viajante

Deixe uma resposta