Villa La Angostura investe em mercado brasileiro e visa resultados a longo prazo

De acordo com Pablo Bruni, secretário de Turismo de Vila La Angostura, a conectividade aérea e a disposição dos brasileiros em conhecer novos pontos da Argentina impulsionam o mercado

0
Pablo Bruni, secretario de turismo de Villa La Angostura

A Villa La Angostura promoveu, no Consulado Geral de La República Argentina, na última quarta-feira (3), um encontro que visou apresentar o destino. De acordo com Pablo Bruni, secretário de turismo de Villa La Angostura, o Brasil responde a um importante papel e vem modificando o seu olhar para a Argentina, conhecendo outros pontos e atrativos do país.

“O aumento na conectividade vem permitindo que os visitantes conheçam além da capital, oferece a possibilidade de conhecer Bariloche, por exemplo, que está a 50 minutos de Villa La Angostura e isso impacta positivamente nosso setor de turismo, que é a principal indústria do destino”, ressalta o profissional.

Ainda de acordo com o executivo, o voo semanal, anunciado pela Azul Linhas Aéreas, que ligará Campinas a Bariloche, vai atrair ainda mais os visitantes. No entanto, a ideia não é contar com alavancamento turístico rápido, e sim, algo a médio longo prazo.

Além disso, por se tratar um destino menor, Villa La Angostura suporta apenas cerca de 20 mil pessoas. Mesmo assim, Bruni afirma que o overtourism não chega a ser uma preocupação. “Se chegarmos à capacidade máxima, contamos com destinos próximos para atender às demandas”, afirma.

Ações em Bariloche

Conforma publicado recentemente, Bariloche vem estimando um aumento de 15% no aumento do mercado. Esta expectativa se dá pelos voos extras possibilitados pelas companhias aéreas Latam, Azul e Aerolíneas Argentina, além de voos charters possibilitados pela Decolar.

Além disso, Leopoldo Tiberi, do departamento de imprensa da Emprotur, anunciou que a Gol Linhas Aéreas também vai oferecer duas operações semanais, ampliando, ainda mais, o cenário otimista para o inverno deste ano. Ao total, serão 25 voos diários para Bariloche.

“É muito bom contarmos com o apoio das companhias aéreas, que permitem os visitantes conhecerem nossos atrativos de inverno e, agora com o voo da Azul, conhecer o destino durante todo o ano. Esperamos continuar recebendo famílias e turistas individuais, que são os principais perfis do destino, mas agora também queremos atrair grupos e o púbico LGBT”, declara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here