Vinícola Dom Cândido aposta no enoturismo com resorts Castelos do Vale

Marcos Valduga da Vinícola Dom Cândido
Marcos Valduga da Vinícola Dom Cândido. Foto: Yan Heiji/Brasilturis Jornal

Foi anunciado nesta quinta-feira (9) que a Vinícola Dom Cândido, localizada na cidade de Bento Gonçalves (RS), estaria investindo R$ 100 milhões em um empreendimento imobiliário para a construção do Castelos do Vale Resorts. A propriedade pretende se destacar no enoturismo introduzindo, dentre outros elementos, uma série de programações para toda a família, a partir de 2022.

“Estamos inserindo no coração do Vale dos Vinhedos o primeiro hotel boutique com programação de resort, o primeiro projeto com esse conceito dentro de uma vinícola. Sem dúvidas, estamos inovando e agregando ao ecossistema hoteleiro do Brasil”, complementa José Roberto Nunes, CEO da Mundo Planalto.

Os vinhedos da Dom Cândido produzem aproximadamente 300 mil litros de vinhos e espumantes por ano, e passaram a receber nos últimos meses uma multitude de investimentos para reformas na sua infraestrutura, como consequência do aumento das visitações enoturísticas da região da Serra Gaúcha.

Marcos Valduga, um dos proprietários da vinícola Dom Cândido, explicou que praticamente todas as reservas para visitações no local se esgotaram até a metade de fevereiro de 2022 desde a abertura de suas comercializações em junho deste ano, o que comprova a alta demanda enoturística no mercado doméstico.

Também deve ser levado em consideração o período de vindima: a colheita de uvas ocorrerá nos dias 29 de janeiro e 5 de fevereiro de 2022, onde visitantes caminharão entre parreirais para cortar cachos e posteriormente participarão da pisa das uvas nos barris. Outros aspectos culturais, como o ensino da sabragem de champanhe e a harmonização, estão incluídos em certos pacotes de visitas.

Além disso, foi explicado que novos serviços da vinícola serão abertos nos próximos anos, como a abertura do Museu na Casa Dom Cândido, que contará a história das gerações da família, e novos itinerários para experiências como degustações de vinhos e tours guiados que mostrarão da colheita ao processo de produção e fermentação dos vinhos.

As experiências poderão ser concluídas com a visitação ao Restaurante Videiras, que oferece comida ítalo-gaúcha no período matutino e vespertino e um rodízio de pizzas no período noturno.

Por fim, a Vinícola Dom Cândido também passará a oferecer a experiência “Vino Mio”, onde visitantes poderão degustar diferentes safras de uvas para elaborar seu próprio vinho customizado, recebendo cerca de 290 garrafas de uma barrica “alugada” após a conclusão do processo idealizado pelo consumidor.

“Queremos que você se torne um vinicultor e sinta toda a energia de elaborar o seu próprio vinho, usando seus cinco sentidos e tendo uma sensação memorável”, afirma Marcos Valduga.

O Brasilturis viajou com proteção Affinity Seguro Viagem.

Deixe uma resposta