Vital Card ‘congela’ câmbio e registra aumento de 20% na procura

A escalada de reaberturas dos destinos para brasileiros fez com que a Vital Card promovesse a estratégia de fomento às rotas internacionais.

Vital Card

O ‘congelamento’ no valor de câmbio do dólar em US$ 4,99 entre segunda (27) e esta terça-feira (28) pela Vital Card surtiu efeito. Mesmo com o segundo dia de promoção em andamento, Luciano Bonfim, diretor Comercial da empresa, confirmou, em entrevista ao Brasilturis Jornal, aumento de 20% na procura e vendas diárias da modalidade. A expectativa é atingir 30% ao final do período.

A estratégia, de acordo com o executivo, é contribuir com a retomada do mercado internacional no País. Com a flexibilização nas restrições de alguns destinos aos brasileiros, o câmbio congelado visa facilitar as negociações entre agentes de viagens e turistas.

“A reabertura de fronteiras e retorno de frequências aéreas ao exterior são peças fundamentais para o Turismo do Brasil ter dias melhores. A alta na demanda após a aceitação de viajantes nacionais, portanto, fez com que a Vital Card traçasse planos de auxílio aos agentes de viagens”, conta Bonfim.

Para os próximos dias, o diretor comercial diz que, caso o câmbio congelado surta o efeito esperado nas vendas, existe a possibilidade do programa ser estendido até quarta-feira (29).

Além do câmbio congelado, a modificação no plano de seguro viagem, com adicional da Covid-19, também favoreceu as negociações com a companhia.

Deixe uma resposta