WTM LA: Braztoa lança anuário que revela crescimento de 4% no faturamento das associadas

Por: Rafael Lima

 A Braztoa lançou, durante a WTM Latin America, a terceira edição de um anuário que traz dados inéditos sobre o mercado turístico brasileiro e mostra que as operadoras de turismo associadas à entidade – que representam estimados 90% dos pacotes turísticos comercializados no país – aumentaram seu volume de negócios em 4% em 2013, faturando R$ 11,1 bilhões.

 

Ainda segundo entidade, outro dado importante dessa edição do anuário é que o número de passageiros transportados voltou a crescer, com uma expansão de 3,5% em 2013, diante de uma retração de 5% no ano anterior, resultado de um trabalho dos associados que, além de intensificar a comercialização para destinos habitualmente bem trabalhados, como Nordeste, Sul e Argentina, também reforçaram opções individualizadas, como “somente terrestre” ou “somente hotelaria”, ampliando a cartela de oportunidades vantajosas de viagem para o consumidor.

 

Essas operadoras transportaram 5,9 milhões de passageiros em 2013, número que corresponde a 92% da população da cidade do Rio de Janeiro, a segunda mais populosa do País. Também foram geradas 14,4 milhões de diárias neste mesmo período, contra 13,8 milhões em 2012, crescimento que pode estar atrelado aos turistas atraídos pela Jornada Mundial da Juventude e da Copa das Confederações.

 

Regiões 

 

 

A pesquisa também mediu o detalhamento das vendas por região. No Brasil, o Nordeste se destaca com mais de 68% do faturamento das viagens domésticas, seguida pelo Sudeste com 16%, Sul com 11% e Norte e Centro-Oeste que, juntas, representam 5% do faturamento do setor. A América do Norte e a Europa continuam liderando na preferência geral dos viajantes, representando 31% e 29%, respectivamente, do faturamento das empresas que trabalham esses destinos em 2013.

 

Com sua atuação mais focada em produtos personalizados, as operadoras tiveram um crescimento de 77% em passageiros para a América Central, um embarque de 384 mil turistas que gerou mais de R$ 918 milhões de vendas.  Esse resultado mostra que os destinos do Caribe estão em alta entre as escolhas dos brasileiros, por sua excelente relação entre custo e benefício. A região também tem se destacado na Turismo Week, que contou com uma semana exclusiva de venda de roteiros para Cuba. Houve crescimento em embarque de passageiros também para a América do Norte (4,5%) e Europa (18%).

 

Disponível também em aplicativo para Apple Store e Android, o anuário traz outros dados do mercado, entre eles o impacto das operadoras nas diárias geradas em cruzeiros e hotéis, quantidade de profissionais empregados e o percentual de colaboradores por departamento nas operadoras.  Destacam-se ainda análises sobre os principais desafios e tendências do setor, além de artigos de renomados especialistas e profissionais do mercado turístico. 

 Esta edição conta com a participação do Senac São Paulo, instituição pioneira no desenvolvimento de pessoas na área de Turismo e Hospitalidade, ao longo de sua trajetória, como apoiador e com o patrocínio da Editora Europa / Revista Viaje Mais.

 

RL

Deixe uma resposta