WTM Latin America reforça programação para MICE e estreia consultoria para empreendedoras

Edição 2019 também destaca o aumento de participação das operadoras e o lançamento do prêmio Turismo Responsável

1
Ana Maria Berto, Luciane Leite, Danielle Roman e Adriana Cavalcanti

Conteúdo que atende a demandas de diversos segmentos do mercado, presença de agentes de viagens mais qualificados, lançamento de novos programas e expansão de áreas consolidadas na planta da feira. As novidades apresentadas hoje mostram que a estratégia da diretoria da WTM Latin America de se aliar aos experts em cada setor vem dando certo.

Adriana Cavalcanti, presidente do Conselho Consultivo do evento, lembrou que o trabalho começa em casa. Assim, além de implementar a estrutura de governança corporativa, o grupo recebeu novos conselheiros de segmentos que estavam ausentes da discussão e aumentou a participação feminina à mesa. “Queremos que o evento seja um hub latino-americano e funcione como catalisador para essas mudanças”, resumiu Adriana.

DESTAQUES

Na opinião de Luciane Leite, diretora da WTM Latin America, o cenário é bem diferente de 2018, quando a combinação de período pré-eleições com a valorização do dólar prejudicou ações que visavam ao desenvolvimento do setor. “Ainda temos muitos desafios, mas continuamos vendo no turismo uma alavanca importante para nossa economia”, pontuou.

Serão 600 expositores de 50 países, com representação de praticamente toda a América Latina. Segundo a diretora, apenas Venezuela e Bolívia não estão representadas. Estreiam no evento neste ano os destinos Moscou (Rússia), China e o espaço Melhor do Caribe, com várias ilhas caribenhas se promovendo em conjunto.

A estreia do Travel Forward é uma das principais novidades para este ano. O conjunto de conferências voltadas ao futuro do setor foi lançado com sucesso na última edição da WTM de Londres e chega agora à América Latina. Outra novidade aguardada é o Woman in Travel, programa que tem como objetivo orientar profissionais mulheres por meio de debates e consultoria personalizada.

Por fim, a feira será palco para o lançamento da versão latino-americana do prêmio Turismo Responsável, com detalhamento dos critérios para inscrição e seleção. Os troféus serão entregues no ano que vem para as melhores iniciativas em três categorias – Redução da Pobreza e Inclusão, Conservação da Biodiversidade e Conservação do Patrimônio Cultural – e para o Melhor Destino do continente para a prática responsável da atividade.

CORPORATIVO COM ESPAÇO EM DOBRO

Marcada para acontecer entre 2 e 4 de abril no Expo Center Norte, em São Paulo (SP), a 7ª edição da WTM Latin America terá programação dedicada ao mercado corporativo durante os três dias, em parceria com as maiores associações do segmento. Até o ano passado, apenas os dois primeiros dias tinham conteúdo voltado a esse público.

Assim, o terceiro dia será dedicado ao segmento MICE (Meetings, Incentives, Congresses and Exhibitions), com curadoria da Associação Latino Americana de Gestores de Viagens (Alagev) e da Meeting Planners International (MPI). Serão debatidos temas como a importância do organizador de eventos para a economia, valorização profissional, impacto social dos eventos e viagens de incentivo.

No primeiro dia estão marcadas reuniões da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (Alagev) e Travel Managers Group (TMG) com membros e convidados. A Global Business Travel Association (GBTA) comanda a programação do segundo dia

A programação acontece na Corporate Travel Área que, segundo Luciane, dobrou de tamanho na planta deste ano. Estão programadas ainda um curso ministrado por Gabriela Otto, da HSMAI, e um speed networking entre expositores e 45 gestores de viagens convidados pela organização do evento.

AGENTES QUALIFICADOS

Agente na Estrada é o novo nome das Caravanas de Agentes, coordenadas pela Intermerican Network pelo segundo ano consecutivo. A expectativa é chegar a 800 profissionais convidados neste ano, com garantia de maior qualificação dos selecionados.

Danielle Roman, CEO da Interamerican, explica que os agentes assinaram um contrato de participação com uma importante contrapartida: realizar ao menos três reuniões por dia com as operadoras participantes. A ação deverá gerar 2 mil reuniões durante o evento, o que potencializa a geração de negócios.

Com a consultoria de Ana Maria Berto, diretora da Orinter, o número de empresas participantes da Tour Operator Area chegou a 42. “Hoje os agentes já vão para a feira com esta percepção de fazer negócios”, lembrou a profissional.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here