Abra: Gol e Avianca formam novo grupo controlador

Semelhante ao negócio anunciado entre Avianca e a Viva, a fusão de controle com a Gol também não inclui um processo de fusão das marcas

Gol e avianca grupo abra

A Gol e a Avianca agora fazem parte do mesmo grupo controlador. Conforme anunciado nesta quarta-feira (11), ambas as empresas terão a mesma holding, chamada de Grupo Abra, em um negócio que deve se consolidar ao longo do segundo semestre.

Semelhante ao negócio anunciado no fim de abril entre Avianca e a Viva, a fusão de controle com a Gol também não inclui um processo de rebranding ou fusão das marcas. Apenas serão controlados financeiramente pela mesma holding.

Segundo o comunicado oficial informando o negócio entre Gol e Avianca, alguns investidores financeiros já se comprometeram a injetar até US$ 350 milhões em ações do Grupo após o fechamento do negócio.

“O Abra fornecerá uma plataforma para que as companhias aéreas operacionais reduzam ainda mais os custos, obtenham maiores economias de escala, continuem a operar uma frota de aeronaves de última geração, e expandam suas rotas, serviços, ofertas de produtos e programas de fidelidade”, informou a Avianca em comunicado.

“Nossos clientes se beneficiarão de tarifas ainda melhores, acesso a mais destinos, maior frequência de voos e conexões bem sincronizadas, assim como a capacidade de acumular e resgatar pontos nos programas de fidelidade das marcas”, disse Roberto Kriete, que será o Chairman do Grupo Abra.

“Este acordo coloca as companhias aéreas do Grupo Abra em posição de liderança em viagens aéreas na América Latina – atendendo a uma população de mais de um bilhão de pessoas e um PIB de quase US$3 trilhões. A estrutura corporativa única permitirá que cada companhia aérea gere resultados mantendo independentes suas marcas, equipes e cultura”, apontou Constantino de Oliveira Junior, CEO do Grupo Abra.

Estrutura interna

  • Roberto Kriete, que será o Chairman do Grupo, transformou a Taca, companhia de El Salvador que opera como Avianca El Salvador, na principal aérea da América Central, na década de 1980, e fez a fusão com a Avianca Airlines em 2009. Ele também fundou, em 2006, a Volaris do México.
  • Constantino de Oliveira Junior, que será o CEO do Grupo, fundou a Gol em 2001. Junto com as aquisições de VRG, em 2007, e Webjet, em 2011, ele conduziu o crescimento da companhia no Brasil.
  • Adrian Neuhauser, atual Presidente e CEO da Avianca, e Richard Lark, atual CFO da Gol, serão co-presidentes do Grupo Abra, enquanto mantêm suas atuais funções nas companhias aéreas.

Leia também: Avianca encomenda 88 novas aeronaves A320neo da Airbus

Deixe uma resposta