CVC Corp registra R$ 9 bilhões em reservas confirmadas em 2021

Com aumento de 32,6% nas reservas consumidas no quarto trimestre, a CVC Corp identificou, no mesmo período, R$ 3 bilhões em reservas confirmadas

Leonel Andrade - CVC Corp
Leonel Andrade, CEO da CVC Corp. (Foto: Lucas Kina)

A CVC Corp divulgou, nesta quarta-feira (16), os resultados acumulados e do último trimestre de 2021. Com R$ 3 bilhões em reservas confirmadas nos últimos três meses, a companhia conquistou R$ 9 bilhões para o índice no ano inteiro. O prejuízo líquido chegou a R$ 486,6 milhões no acumulado e R$ 145,8 milhões no quarto trimestre.

A CVC Corp registrou aumento de 32,6% no percentual de reservas consumidas no quarto trimestre de 2021 ante o trimestre anterior, alcançando montante de R$ 3,4 bilhões no período, contribuindo para crescimento sequencial de receita nas unidades de negócio e países.

Segundo Leonel Andrade, CEO da companhia, a empresa é responsável por cerca de 25% do turismo brasileiro e, com mais de 25 milhões de clientes, os investimentos da empresa são para usar o melhor da tecnologia, inovações e dados para atender ao cliente em toda a sua jornada de consumo.

“Com o uso de recursos de inteligência artificial e machine learning, a empresa vem aprimorando a captação de dados e informações que vinham de qualquer canal de comunicação e hoje já consegue cruzar nove bilhões de informações para chegar a recomendações únicas e personalizadas”, diz.

Ao longo de 2021, a empresa investiu cerca de R$ 134 milhões de reais em tecnologia, focando na digitalização de processos e dados. Vale lembrar também que, no final do ano em questão, a CVC Corp sofreu com um ataque hacker.

Na Argentina, os indicadores são ainda mais relevantes com reservas consumidas 125% superiores em comparação com o terceiro trimestre do ano passado, impulsionados por uma forte demanda, programas incentivo a viagens criado pelo governo argentino – o PreViaje – e maior ticket médio.

CVC Corp: futuro

Para 2022, a CVC Corp pretende investir ao menos 20% mais que em 2021, avançando em sua agenda estratégica e permitindo concluir projetos que possibilitarão manter seu protagonismo no setor de turismo.

Os recursos serão destinados, em sua maioria, para o aprimoramento dos sistemas relacionados ao atendimento do B2C (lojas e online), além do aperfeiçoamento da gestão de informações por meio de Datalake e do CRM e novas iniciativas relacionadas.

A empresa inclui no planejamento desenvolver e implementar seu programa de fidelidade, além de integrar sistemas operacionais e back-office do B2B, visando aprimorar a segurança da base de dados.

Deixe uma resposta