O município de Pilões, na Paraíba, sediará o I Encontro Paraibano de Turismo de Aventura (EPTA), um evento turístico e esportivo que promete reunir entusiastas dos esportes de aventura e atividades na natureza. O encontro tem início nesta quinta-feira (11) e segue até o dia 14 de julho, na Pedra do Cruzeiro.

O EPTA visa destacar o potencial turístico e esportivo da Pedra do Cruzeiro, contribuindo para o desenvolvimento econômico, social e ambiental da região. O evento é voltado para quatro categorias de público: amantes da natureza, profissionais de esportes de aventura, turistas e a população local.

A realização do evento busca promover o Brejo Paraibano como um destino de esportes de aventura, além das tradicionais atrações de sol e mar. O objetivo principal é proporcionar um evento sustentável, onde a população local, turistas e praticantes de esportes de aventura possam se integrar e aproveitar as belezas naturais da Pedra do Cruzeiro e da região, promovendo a geração de emprego e renda.

O Encontro Paraibano de Turismo de Aventura, realizado com o apoio do Areia Convention & Visitors Bureau, estima receber mais de 100 participantes inscritos em oficinas e mais de 800 turistas durante os quatro dias de evento. Alguns dos objetivos do evento são incentivar a prática segura de esportes e atividades de aventura através de oficinas e palestras, integrar a população local e turistas no desenvolvimento socioeconômico da região, e incentivar a acessibilidade nas práticas de esportes e atividades de aventura.

Pedra do Cruzeiro

Localizada no município de Pilões, a Pedra do Cruzeiro fica a 120 km de João Pessoa e a 80 km de Campina Grande. Em uma região de clima ameno e natureza exuberante, a Pedra sempre foi um símbolo de fé e peregrinação para os moradores católicos da região. Sua imponência e beleza atraem fiéis, visitantes, turistas e aventureiros.

Nos anos 1950, um evento marcante fortaleceu o misticismo em torno da Pedra. Celestina Gomes da Silva, moradora local, curou-se de uma enfermidade após fazer uma promessa à Nossa Senhora do Livramento. Em agradecimento, ela e outros moradores construíram uma capela no local. Desde então, a Pedra do Cruzeiro é associada a milagres e recebe visitas de religiosos e praticantes de esportes radicais.

A Pedra do Cruzeiro é parte das rotas turísticas Caminhos do Frio e Caminhos do Padre Ibiapina. Além disso, é usada para cursos de formação de bombeiros e treinamentos de salvamento em altura e espaços confinados. A via de escalada “Ninho do Bacurau” foi conquistada em 2022, nomeada após a descoberta de um ninho de bacurau ao final da subida.