Universal Orlando aposta em oferta de hotéis para o mercado do Brasil

Dentre algumas das novidades do portfólio de hotéis do Universal Orlando está o Dockside Inn & Suites, aberto em dezembro de 2020

Marcos Barros, VP de Vendas e Marketing do Universal Orlando Resort para a América Latina
Marcos Barros, VP de Vendas e Marketing do Universal Orlando Resort para a América Latina

O Universal Orlando, na Flórida (EUA), reforçou que irá investir nos produtos de hotéis para a promoção no mercado brasileiro, ao longo de 2022. Nesta semana, o complexo ressaltou que este será o principal foco nas próximas capacitações para agentes de viagens.

Como adiantado pelo Brasilturis Jornal durante o Florida Huddle, em janeiro, o complexo da Flórida quer incentivar os viajantes do Brasil a se hospedarem dentro dos hotéis que fazem parte do portfólio da marca a partir deste ano.

Marcos Barros, VP de Vendas e Marketing do Universal Orlando Resort para a América Latina, acredita que a alta temporada de julho deve ser bem mais do que o registrado no ano passado e, por isso, a marca manterá os investimentos em capacitações e ativações no Brasil.

“O equipamento hoteleiro que a gente oferece é de um nível alto, apesar da categoria value, sendo muito competitivos e oferecendo um equipamento e um serviço melhor, caindo como uma luva para os viajantes brasileiros que viajam com grandes famílias, fazendo sucesso logo na reabertura com reservas para quem começa em junho”, disse.

Dentre algumas das novidades do portfólio de hotéis do Universal Orlando (atualmente, com oito unidades) que os brasileiros perderam a chance de conhecer durante a pandemia foi o Dockside Inn & Suites, aberto em dezembro de 2020.

“Notamos que as reservas para julho, na maior parte, são para o Surfside, o Dockside e o Cabana Bay Beach Resort. Temos à disposição hotéis para diferentes gostos. Se um brasileiro é mais sofisticado e quer luxo ele tem três opções, quem tem o orçamento mais apertado tem os values mencionados. Ou seja, temos o tipo de produto certo para todos”, salientou Barros.

“O trade brasileiro sempre foi crítico para o nosso negócio, sendo um dos principais mercados internacionais. Obviamente, o movimento parou durante a pandemia, mas estamos empolgados e otimistas em relação a temporada. Queremos mostrar que já estamos prontos para receber os turistas”, concluiu o executivo.

Atualmente, o Universal está com uma campanha ativa onde quem comprar ingressos válidos para três para conhecer os parques do complexo até 30 de junho, ganham mais dois dias grátis de visitas, totalizando cinco dias no total. As visitas podem ser feitas até 15 de dezembro.

Deixe uma resposta