Capitólio (MG) tem 60% da economia baseada no turismo

Capitólio também é conhecido pelas trilhas e passeios ecológicos, sendo comum a realização de trajetos off-road em triciclos e jipes

Local do acidente em Capitólio (MG) (Foto - Divulgação-CBMMG) - mtur
Local do acidente em Capitólio (MG) (Foto - Divulgação-CBMMG)

Capitólio (MG), local do acidente que deixou dez turistas mortos no sábado (8), tem cerca de 60% da sua economia baseada no turismo, de acordo com a Folha de S. Paulo

Conhecido principalmente pelos passeios embarcados próximos de cachoeiras, Capitólio tem população de 8,7 mil habitantes, recebendo média de 5 mil turistas nos fins de semana e até 30 mil nos feriados.

Com a interrupção preventiva dos passeios embarcados no Lago de Furnas e demais picos na região do acidente, o turismo e a economia local devem ser impactados negativamente, no momento em que os passeios por destinos nacionais buscam consolidação diante da ameaça da variante Ômicron da covid-19.

Capitólio também é conhecido pelas trilhas e passeios ecológicos. É comum a realização de trajetos off-road em triciclos e jipes 4×4, balonismo, voos de asa delta, entre outras atividades.

O acidente é mais um baque sofrido pelo turismo no Brasil no início de 2022. Na última semana, a Costa Cruzeiros e a MSC anunciaram a interrupção da temporada 2021/2022 devido ao surto de casos de covid-19 a bordo. Além disso, voos da Azul foram cancelados devido ao número de comissários de bordo afastados devido ao vírus.

Deixe uma resposta