Instituto Inhotim amplia funcionamento em janeiro de 2022

A capacidade máxima de visitantes no Inhotim permanece em 1,5 mil pessoas por dia e os ingressos devem ser adquiridos com antecedência

O espaço físico pode ser um lugar abstrato, complexo e em construção (Foto - Rommulo Vieira Conceição. Inhotim)
O espaço físico pode ser um lugar abstrato, complexo e em construção (Foto - Rommulo Vieira Conceição. Inhotim)

A fim de atender a alta procura de visitação, o Instituto Inhotim, em Brumadinho (MG), ampliou o funcionamento ao longo do mês de janeiro. Agora, o local passa a abrir às quartas-feiras e especificamente neste mês, o público poderá visitar o museu de quarta a sexta, das 9h30 às 16h30, e aos sábados, domingos e feriados, entre 9h30 e 17h30.

A capacidade máxima de visitantes permanece em 1,5 mil pessoas por dia e os ingressos devem ser adquiridos com antecedência através da plataforma Sympla.

O Instituto traz programação para público de todas as idades. Além das galerias e obras permanentes, o espaço apresenta mostras temporárias como ‘Abdias Nascimento, Tunga e o Museu de Arte Negra’ e a coletiva ‘Deslocamentos’, atividades mediadas por educadores, entre outras ações.

O Inhotim tem a especificidade de ser um museu a céu aberto, com obras de arte espalhadas por uma exuberante natureza do Jardim Botânico. Mesmo assim, segue rigorosamente os protocolos de segurança estabelecidos, interditando espaços confinados e/ou de interação, e evitando a aglomeração de pessoas. 

Obedecendo aos protocolos, galerias também funcionam com número limitado de visitantes. O uso de máscaras e de displays de álcool em gel seguem em vigência.

Deixe uma resposta