Club Med planeja abrir 17 novos resorts até 2024

Com todos os empreendimentos planejados pelo Club Med para o prazo máximo de dois anos, o modelo de operação será all inclusive e contempla uma série de destinos

Club Med
(Foto: DIvulgação/Club Med)

O Club Med divulgou, nesta quinta-feira (10), um planejamento ambicioso de aberturas até 2024. O programa estabelecido pela rede hoteleira coloca como meta a inauguração de 17 novos resorts all inclusive no prazo máximo de dois anos.

As unidades em pipeline contemplam destinos importantes ao redor do mundo. Todas englobam também o plano de sustentabilidade da empresa, não utilizando plástico descartável, por exemplo, além dos resorts serem constituídos em mais harmonia com a natureza.

“Nós mantivemos nosso plano de expansão, abrindo mais de dez resorts e renovando/ampliando mais 13 emprendimentos até 2024”, afirma Carolyne Doyon, presidente e CEO da rede para América do Norte e Caribe.

No Brasil, nas últimas semanas, a companhia anunciou uma nova executiva de contas.

Novos resorts

América do Norte

A unidade em Utah será aberta em 2024, no entorno de Salt Lake City, em Snowbasin, nos EUA. Será o primeiro resort de montanha norte-americano a fazer parte da Exclusive Collection da marca, oferecendo acomodações e refeições cinco estrelas.

Europa

Na Europa, o Club Med Magna Marbella, em Málaga, na Espanha, será inaugurado em maio de 2022. Com 485 quartos, o foco da unidade será bem-estar e natureza, incluindo 14 hectares de jardins naturais.

O Club Med Tignes, em Tignes Val Claret, nos Alpes Franceses, será inaugurado em dezembro deste ano.

Em dezembro de 2024, o novo Club Med San Sicario, nos Alpes Italianos, será uma opção de refúgio de montanha bi-sazonal.

Ásia

No continente, a companhia abre, em 2023, uma unidade em Hokkaido, no Japão. Será a terceira localizada na ilha japonesa em questão.

Já o Club Med Borneo Kota Kinabalu, na Malásia, passa a funcionar em 2024, sendo mais isolado em uma região que une praia, floresta tropical e montanha.

Deixe uma resposta