Connection começa e debate influência do audiovisual no turismo

Realizado em Gramado (RS), o 5º Connection Experience homenageia os 50 anos do Festival de Cinema de Gramado e mistura turismo, viagens do futuro e cinema

Connection Experience
Marta Rossi e Eduardo Zorzanello, diretores do Festuris e do Connection Experience

O que surgiu como solução para o isolamente e quase inatividade do setor turístico, agora se torna peça fixa e importante no calendário de eventos turísticos. O 5º Connection Experience, promovido pelos diretores do Festuris, Marta Rossi e Eduardo Zorzanello, traz painéis e palestras que atrelam turismo, cinema e viagens do futuro.

Com mais de 550 inscritos presenciais neste ano, o Connection Experience traz a temática audiovisual para os holofotes turísticos. O objetivo, além de fomentar o potencial do alinhamento das atividades, é comemorar os 50 anos do Festival de Turismo de Gramado.

“O cinema e o turismo sempre andaram juntos em Gramado e, nesta edição de Connection Experience, decidimos trazê-lo como assunto principal das nossas discussões”, afirmou Marta durante a solenidade de abertura, realizada no Palácio dos Festivais, no Centro do destino da Serra Gaúcha.

Já Zorzanello reforçou, em entrevista exclusiva à reportagem do Brasilturis Jornal, que o evento também serve para manter a comunicação mais atual com o público que já frequenta o Festuris.

“O audiovisual tem potencial para impulsionar o turismo e motivar o novo viajante a consumir o produto nacional. Nossa ideia é mostrar como o cinema pode influenciar positivamente nas cidades, tal como Gramado, e estabelecê-las no cenário turístico nacional. Com o Connection Experience, colocaremos isso por meio de informações, discussões e experiências”, complementou.

O encontro, que vai até sexta-feira (13) com conteúdo e visitas técnicas, contou com caravanas pelo Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. No ano passado, 300 pessoas compareceram ao 4º Connection Experience.


Leia também: Connection Experience aborda turismo de natureza, rural e gastronômico

Deixe uma resposta