FlixBus oferece viagens gratuitas para refugiados da Ucrânia

Além de adaptar rotas para a nova realidade em ambos os países, a FlixBus mobilizou colaboradores em todo o mundo no auxílio aos refugiados

FlixBus
(Foto: Divulgação/FlixBus Brasil)

A invasão russa à Ucrânia, iniciada em 24 de fevereiro, impactou diretamente não só a população, como a economia global. Presente nos dois países envolvidos no conflito, a FlixBus teve a sua rotina alterada – não apenas nos países envolvidos, mas em toda sua operação, incluindo a brasileira que começou em dezembro de 2021.

A startup atua na Ucrânia desde 2019 oferecendo 29 rotas internas e 70 internacionais, ligando o país a outros oito destinos na Europa. Após o ínicio das invasões ao país, a rotina da empresa e de seus 32 funcionários locais foi diretamente afetada. Por se tratar de uma empresa de mobilidade, com o objetivo de dar vazão aos refugiados, a FlixBus modificou o planejamento de rotas e acrescentou novas conexões localmente. Também mobilizou desde o início os parceiros (operadores) da FlixBus no país desde o início do conflito.

“A FlixBus entende seu papel estratégico global e, por isso, num momento tão crítico como esse, mobilizou todo o seu corpo de colaboradores globalmente para cumprir o nosso papel de oferecer suporte humanitário para os afetados pela guerra”, destaca Edson Lopes, diretor geral da FlixBus Brasil.

A empresa fez uma ação envolvendo seus próprios colaboradores em todo o mundo para ofertar viagens gratuitas para refugiados em Bucareste, Przemyśl e Rzeszów. Voluntariamente, ao todo, mil viagens foram arrecadadas nas primeiras 15 horas por meio de uma iniciativa dos funcionários e, logo em seguida o número foi dobrado pela administração da FlixBus, o que corresponde a cerca de 40 ônibus. Esse volume de bilhetes doados será revisto sempre que necessário.

“Engajar todos os colaboradores da FlixBus ao redor do mundo na doação de viagens para os refugiados mostra o quanto realmente a empresa está comprometida com fazer a diferença. Aqui, ficamos felizes em poder colaborar, mesmo estando distante da realidade do conflito”, explica Glória Burlamarqui, diretora de Operações da empresa no Brasil. A ação de doação de viagens contou com o engajamento da totalidade dos colaboradores locais da FlixBus. 

A companhia também está atuando no transporte de mercadorias e suprimentos de emergência para as pessoas necessitadas na Ucrânia. Além disso, após a solicitação das Nações Unidas, a FlixBus, juntamente com suas empresas parceiras de ônibus, forneceram 12 veículos para o transporte humanitário de 500 crianças e seus acompanhantes. Os resgatados foram retirados de orfanatos na fronteira polaco-ucraniana, localizados em áreas de alto risco na Ucrânia, e encaminhados em segurança para a Polônia. 

Deixe uma resposta