Japão mantém restrições na fronteira até fevereiro

Com o aumento de casos em todo o mundo, o Japão reforça protocolos para receber turistas de todo o mundo. Tempo de quarentena exigido varia com o país de origem de cada um

Japão
(Foto: Denisse Leon/Unsplash)

O Consulado do Japão informou que as regras mais rígidas para entrada no país serão mantidas até fevereiro. Atualmente, o governo japonês mantém a resolução geral de quarentena de três a seis dias para todos os turistas — a depender da origem do mesmo. Aos norte-americanos, a política de entrada também se mantém.

Atrelado a aplicação das restrições de fronteira, o Japão também alerta viajantes para um período maior nos processos do aeroporto. O principal motivo é o enrijecimento das edidas de triagem, aprimoradas em razão da variante ômicron.

Além disso, outro ponto específico abordado pelo destino são as opções de alimentação na alfândega e imigração japonesa, consideradas limitadas. Sendo assim, eles aconselham que os viajantes carreguem consigo medicamentos e alimentos não-perecíveis.

Por fim, o governo do Japão também aconselha os visitantes a embalarem a bagagem individualmente — em casos de viagem em grupo. A medida visa garantir que todos tenham acesso aos itens de que precisam.

Deixe uma resposta