Preço do QAV acumula alta de 102,4% em 12 meses

Dados são da ANP e comparam junho com o mesmo mês de 2021

Alianças globais
Foto: divulgação

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), nos últimos 12 meses o querosene de aviação (QAV) teve um aumento de 102,4%, na comparação de junho de 2022 com o mesmo período do ano passado.

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), destacou que o preço da passagem aérea tem relação direta com os custos das companhias. Só neste ano, de janeiro a junho, a ABEAR registou uma alta de 64,3% no preço do combustível dos aviões.

De acordo com os dados mais recentes disponíveis pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a tarifa aérea média real registra alta de 12,6% na comparação com valor acumulado até abril 2022 (R$580,41), com a tarifa aérea média real do ano passado (515,22).

O levantamento feito pelo Conselho de Turismo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), registrou que o maior crescimento observado na pesquisa é o transporte aéreo, com elevação de 159,7% na comparação anual. Um dos fatores que explicam o resultado é o aumento das passagens, que sofre influência da alta do QAV.


Leia também: Abear se preocupa com reajuste de 6,7% no preço do QAV

Deixe uma resposta