Qatar Airways exige US$ 618 milhões da Airbus por falhas na pintura

A Qatar Airways ainda busca uma compensação extra de US$ 4 milhões para cada dia que a frota de 21 aeronaves A350 permanecerem no chão

A350-1000 da Qatar Airways (Foto - Airbus)
A350-1000 da Qatar Airways (Foto: Divulgação/Airbus)

A Qatar Airways está exigindo uma compensação de US$ 618 milhões da Airbus por problemas nas pinturas de algumas aeronaves, conforme informou a Reuters nesta quinta-feira (6). Segundo a companhia, os aviões modelo A350 estão sofrendo erosão, o que obrigou autoridades do Catar a barrarem novas decolagens com o equipamento afetado.

Além do valor milionário, a Qatar Airways ainda busca uma compensação extra de US$ 4 milhões para cada dia que a frota de 21 aeronaves A350 permanecerem no chão. De acordo com os relatos, o problema externo dos aviões inclui, além da erosão, lacunas em uma camada que protege o equipamento da luz durante o voo.

Assim, o caso foi parar na justiça de Londres, com a companhia aérea acusando a fabricante de não ter fornecido respostas satisfatórias frente aos problemas que surgiram em cerca de 40% dos A350 da empresa catari.

Até o momento, apenas o Catar tomou medidas para restringir voos utilizando o A350, apesar do problema ter surgido também para outras companhias aéreas em diferentes países.

Deixe uma resposta